Textos

SOLIDÃO
Sozinho... entretanto
Com Deus no coração
Mesmo só, na solidão
Estou feliz, em qualquer canto

Sozinho... entre tantos
E a todos dou o meu amor
Mesmo que me causem dor
Pois não entendem meus encantos

Somente em Ti, bondoso Pai
Sou atendido, sou acolhido
No meu peito de dor sofrido

Agora quando a lágrima cai
Sei que foi sinal do perdão
Em visita à minha solidão
Sióstio de Lapa
Enviado por Sióstio de Lapa em 04/05/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr