Textos

DECEPÇÃO
            Uma colega decepcionada com o rumo das movimentações populares em apoio a Greve dos Caminhoneiros, postou o seguinte texto que serve para nossa reflexão.
            Legal, o povo aceitou um governo ficar, com apenas 3% de aprovação, que foi capaz de acabar com uma greve que paralisou o País, com apoio dos militares covardes, que não se sentiram pressionados pela população que aprovou em 87%, mas em cima de seus sofás. Esse tipo de apoio é um apoio covarde.
            A oportunidade de colocar o governo em cheque acabou ontem, se nós tivéssemos nos mexido e nos juntássemos aos caminhoneiros... mas o comodismo venceu... eu fui, lutei até ser puxada pelos braços e arrastada...
            Eu luto pelo meu País. Sozinha, muito pouco posso fazer... chamei os grupos, pedi, implorei que fôssemos engrossar o movimento... não quiseram enxergar o momento, que não mais se repetirá, podem ter certeza.
            Ponto para o governo, ponto para o Foro de São Paulo. Enquanto não tivermos a noção de união, da necessidade de nos unirmos pelo bem comum, de nos levantarmos do sofá e enfrentarmos quem quer nos destruir (porque é o que eles querem) perderemos batalha por batalha, até perdermos a guerra...
            Confesso minha tristeza, decepção, frustração, e porque não dizer, raiva... raiva do espaço que dão ao comodismo, a falta de amor, do sentimento de cidadania...
            O que eu vejo é que não querem abrir mão de nada: do seu lazer, do conforto de casa, da rotina, de um expediente, nada em absoluto... querem o bônus, mas nada de ônus...
            Temer e sua quadrilha estão dando gargalhadas às nossas custas. Teve aumento de gasolina domingo passado e já vem outro... o gás vai a 90,00 reais, por enquanto... mas para que lutar?? Deixa Temer fazer o que quer até dezembro... tá tão pertinho... prá que pedir intervenção??? Queremos a Democracia (essa que aí está: dos roubos, dos impostos cada vez mais pesados)... só pensam o Militar como torturadores (foi assim que professores de história esquerdistas nos ensinaram), não atinam para o fato de que foi o período de maior crescimento que este País já teve. Em 20 anos saímos da 49ª economia para a 7ª! Havia segurança e cidadania. Nas escolas nos ensinavam que você é dono do seu País... que aqui não é terra da mãe Joana, que há lei e que a lei é para todos e para ser cumprida, até mesmo por gestores...
            Mas nem nisso nos unimos. Não enxergam que não há mais muita opção, que estamos a passos largos para o Comunismo...
            Pergunto: cadê os “médicos cubanos” ??? (asseguro-lhes que não são médicos). Não se acha mais nenhum! E não saíram do País... podem constatar por si mesmos... perguntem nos postos, nos interiores... onde acham que eles estão? Fazendo o que?
            Acrescentem o contrabando de armas e a imigração descontrolada que foi aprovada pela lei da imigração... mas, está tudo bem... Olavo de Carvalho disse que o brasileiro não é cidadão, é expectador. Cidadão luta por seu País, espectador só assiste. Vamos continuar assistindo a tudo...
            Acredito que estou sendo a chata do grupo... acho que estou destoando... e não são essas as minhas intenções... então acho que é hora de eu dar sossego a quem o quer...
            Desculpem-me qualquer mal traçada linha... estou a disposição de vocês no privado. Até mais.
            Percebemos que ela deixou o grupo que participava cheia de revolta para não sentir ao lado dela os companheiros que poderiam da apoio ao movimento grevista. Mas como fazer isso se é necessário uma sensibilização maciça da população, como aconteceu nos primeiros movimentos populares pedindo o impeachment da presidente? E se o atual presidente caísse com esse movimento paredista, que assumisse iria ser melhor? Sem falar dos militares que ainda não estão preparados para assumir o comando do País.
            Acredito que devemos ter mais calma e tentar organizar uma estratégia mais segura para nos livrarmos da ameaça comunista/socialista que ainda continua o seu espectro a asfixiar nossa liberdade.
 
Sióstio de Lapa
Enviado por Sióstio de Lapa em 01/06/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Voce deve citar a autoria de Sióstio de Lapa http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr