Textos

ORAÇÃO NOVEMBRO 2018
Pai, colocaste-me dentro de circunstâncias políticas e espirituais onde sinto que devo avançar no sentido de manter a vitória eleitoral da Tua vontade, dentro dos princípios da lei do amor, contribuindo para evitar que as forças das iniquidades consigam deturbar o Vosso plano de transformar a nossa pátria em coração do mundo, sintonizada com o Evangelho do Cristo.
A dimensão do trabalho é bem maior, reconheço, mas vejo em tudo a Tua mão moldando as situações e colocando pessoas aonde Queres que elas atuem... fico curioso, como tanta gente que reconhece ser Teu filho, diz querer fazer a Tua vontade, mas caminha de forma diferente, presos às iniquidades. São irmãos que tem a firme convicção de que estão certos, e não posso demove-los de tal “verdade” se eles dizem que eu posso estar errado e eles estarem certos... e isso é correto. Não tenho absoluta certeza de que estou totalmente correto. Mas procuro seguir os indícios que o Mestre Jesus já ensinou, procurar identificar a árvore pelos frutos. Tenho que saborear esses frutos independente da embalagem que eles se apresentem, pois podem ocultar o sabor que seja diferente ao experimentar. Mesmo que eu não chegue a experimentar diretamente, como seria o mais prudente, mas se eu tenho visto o efeito que eles causam em outras pessoas ou circunstâncias, posso avaliar que eles podem fazer o mesmo comigo. Fazendo isso eu posso diferenciar os frutos bons dos frutos maus. Se com toda essa forma de identificação eu continuo confundido pelas astúcias do mal, então o que posso imaginar é que, de alguma forma há uma sintonia entre essa força malévola e o pensamento dos meus irmãos que caminham em outra direção. Não quero dizer que eles estejam mancomunados voluntária e intencionalmente com o mal. Podem estar focados em ações positivas que o mal produziu para fazer uma “cortina de fumaça” em outras ações bem mais funestas. Fazer essa comparação parece se tornar difícil, quando essas mesmas forças malignas fazem uma enxurrada de mentiras no sentido de “assassinar a reputação” dos adversários, quando não o tentam fisicamente.
Portanto, Pai, esta é a situação na qual eu me vejo envolvido, tantos amigos distantes de mim ideologicamente, pessoas que tanto prezo, que até fazem vibrar as “cordas do meu coração”, mas que eu sinto que não posso colocar meus argumentos para evitar fortes constrangimentos e confrontos emocionais que não são construtivos.
Sim, Pai, vou embarcar nesta “caravana” que Tu colocas ao meu alcance, não sei ainda bem qual será o meu papel, mas com certeza, farei todo o possível para ser digno de Vossa graça e coerente com as lições do nosso Mestre, Jesus.
Sióstio de Lapa
Enviado por Sióstio de Lapa em 02/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Sióstio de Lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr