Textos

DUELO VERDADE X MENTIRA
            Estamos testemunhando o que pode ser o início da transformação da Terra, de planeta de Provas e Expiações para planeta de Regeneração. Para que isso acontecesse foi necessário um choque de realidade na consciência das pessoas de bem, que percebessem o alto grau de corrupção e degradação moral, com a destruição dos valores familiares, que ameaçavam o Brasil, o país predestinado a ser o coração do mundo e a pátria do Evangelho.
            Passada a eleição para presidente, vimos que o candidato foi eleito com características de milagre, pois não tinha nenhum dos predicados que garantiriam sua vitória, nem mesmo a participação nos debates, já que foi impedido por ordem médica por estar se restabelecendo de uma facada em plena rua, quando fazia uma caminhada com os seus apoiadores. 
            No entanto, temos que nos conscientizar que a batalha que se desenvolve aqui no plano material é consequência das estratégias que se desenvolvem no plano espiritual. A estratégia das forças trevosas está baseada na mentira, como motor das energias destruidoras ao redor dos seres cooptados, que usam tanto com a tentativa de enxovalhar a personalidade de pessoas que fazem oposição, como iludir com falsas narrativas ou benefícios de falsas intenções aqueles que não tem oportunidade ou interesse de analisar o contraditório.
            Está bem esclarecido que a verdade é a única estratégia das forças do Cordeiro de Deus, que já ensinava quando estava materialmente entre nós, que a “verdade nos libertaria”. Portanto, nós, que nos consideramos cristãos, não podemos condenar quem quer que seja sem identificar onde está a verdade ou a mentira.
            Vejo nos últimos dias um esforço dos partidos de esquerda em destruir a reputação do juiz Sérgio Moro, alegando que o ex-presidente está preso injustamente, sem provas, apenas por querer se livrar eleitoralmente do ex-presidente e assumir um cargo político no novo governo. Essa narrativa não tem o mínimo de sustentação para quem está observando o cenário político com imparcialidade, como eu, que votei pela primeira vez no candidato Lula para ele se eleger presidente, e logo me arrependi quando vi que ele portava a mentira no caso do Mensalão, que fazia com que seu partido aprovasse o que quisesse e deixava o Congresso acabrunhado e sem forças de resistência por ter sido cooptado pela corrupção. Da mesma forma aconteceu em vários cenários da administração, desde a doação de bolsas de todos os tipos, facilidades para escolas e universidades, polpudas vantagens para artistas e meios de comunicação, até favores na área da justiça, com a indicação de pessoas totalmente incapazes para o exercício do cargo, mas que faziam “vista grossa” por incompetência ou por cooptação aos bilhões de dólares que foram enviados para países de mesmo alinhamento político.
            Felizmente, as forças do Cordeiro conseguiram colocar nas mãos do juiz Sergio Moro o fio da meada da corrupção para que os criminosos fossem identificados, punidos e a população pudesse despertar conscientemente para o que estava acontecendo.
            Não serão as narrativas de “torturas da ditatura militar” acontecida no passado como eles relatam, que irão anular o resultado que as forças do bem conseguiram até aqui e que precisa do nosso apoio cristão para ir avante. Mesmo porque já sabemos onde se aloja a mentira.
 
Sióstio de Lapa
Enviado por Sióstio de Lapa em 19/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Sióstio de Lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr