Textos

CÍRCULO DO MAL DE HITLER (18) – MUDANÇA DE PERCEPÇÃO
Interessante procurar saber como o mal pode se desenvolver e ameaçar todos os países do mundo. O que se passou na Alemanha Nazista sob o comando de Hitler e seus asseclas, abordado pela Netflix em uma série sob o título “Hitler’s circle of evil” serve como um bom campo para nossas reflexões.
XVIII
Hess cimentou sua posição como o primeiro e mais leal membro do círculo íntimo de Hitler. Mas outros veteranos do fracassado golpe não estão indo tão bem.
Para Goring, os anos após o golpe foram difíceis. Eram uma repetição de seus anos após a Primeira Guerra. Ele vaga, sem saber aonde vai e o que faz. Ele está na Áustria, é um homem procurado na Alemanha, vive basicamente de subsídios. Não é como Goring se imaginava que estaria a essa altura. Afinal, ele é um herói de guerra, tem a Blue Max no pescoço. Agora virou uma figura marginalizada, com constantes dores pelos ferimentos sofridos no golpe, ele encontra consolo nos narcóticos e se vicia em morfina. Incapaz de ajudar Hitler ou a si mesmo, ele está fora de cena e deixa um vácuo para outros florescerem.
Ernst Rohm está desejoso em deixar sua marca, tem ideias muito ambiciosas para a SA, quer aumenta-la para milhões de homens, rivalizando com o exército se os nazistas chegassem ao poder.
Rebatizada como Frontbahn, expandiu para 30 mil membros. O desonrado militar criou seu próprio exército particular, uma força mercenária pronta para tomar o poder para os nazistas quando for a hora.
Na prisão de Landsberg, Hitler está tendo dúvidas. Após uma fracassada tentativa de tomada violenta, talvez seja a hora de uma nova abordagem.
Talvez o legado mais importante de Landsberg não seja o Mein Kampf. Claro que é crucial. Mas foi a percepção de Hitler, sua epifania de que a chegada ao poder não é por meio de pistolas ou metralhadoras... mas sim da urna.
31-05-1924
Landsberg, Baviera
Rohm visita Hitler. Com seu grande exército está mais preparado para um novo golpe. Ele acredita ter as tropas para por Hitler no poder. Mas ele não esperava a nova visão de Hitler. E claro, o plano de Rohm era totalmente contrário ao de Hitler. Rohm fica chocado quando Hitler rejeita seus planos, e vai embora muito confuso. O exército de Rohm é perigoso para Hitler. Os desordeiros do Frontbahn podem destruir a sua chance de liberdade condicional.
O Frontbahn, sob o comando de Ernst Rohm, está cometendo muitos atos violentos. Hitler sabe que não pode ser associado a esse comportamento violento e briguento nas ruas.
07-07-1924
Landsberg, Baviera
Se Hitler quiser ser levado a sério como político, não pode ser associado a mais violência. Em maio, ele faz um anúncio chocante. Hitler renuncia como líder do Partido Nazista em julho de 1924. Ele está na prisão. E o Partido Nazista está oficialmente proibido. Ele sabe que, para voltar ao topo e espalhar sua nova visão, precisa de estratégia de longo prazo.
É um gesto. Significa que o que está acontecendo não é nacional-socialista, e que quando saísse da prisão ele recomeçaria. Com o apoio de Rudolf Hess, ele se distancia da política e para de receber visitantes. Com sua soltura marcada para outubro, nada pode comprometer sua liberdade.
A influência de Hess sobre Hitler, a visão nacionalista que ele deixou impregnada na mente do seu ídolo, a confecção de um livro onde deixa isso muito claro, tudo mostra uma incompatibilidade da tomada do poder pela força, como mantém na mente o Ernst Rohm. Hitler vê a incompatibilidade do seu novo ideal com as propostas do Partido Nazista e resolve deixar a direção do partido para não mais ser associado com as badernas que ele produz.
Assim aconteceu com Lula quando se elegeu pela primeira vez à presidência do Brasil. Fez uma carta à nação mostrando que não iria ser tão rigoroso com a política capitalista como seu partido defendia. Colocou em sua chapa um empresário e assim conseguiu enganar a nação e muitos líderes partidários e empresariais. Infelizmente, muitos desses atores, mesmo sendo enganados, terminaram sendo cooptados devido a força das propinas em todas as direções.
Sióstio de Lapa
Enviado por Sióstio de Lapa em 11/04/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Sióstio de Lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr