Textos

ENTENDIMENTO (07)
A honestidade de uma pessoa depende muito da vivência que ela leva diante dos conflitos interiores e dos problemas que a própria natureza externa apresenta como testes da sua maturidade.
Pelo tom da tua voz notaremos a apreciação que fazemos de nós e nos outros, e, pela análise, notaremos a falta de compreensão de grupo para grupo e de almas para almas, começando dos lares até as nações.
Esse é um processo inevitável dos homens e povos se entenderem mais tarde, pois as dificuldades são criadas para que a dor possa aparecer ensinando, na antecipação do amor.
Quanto mais bruto é o animal, maior é a corrigenda. A roseira mostra suas pétalas, mas traz os espinhos na retaguarda, para que a vigilância seja desenvolvida.
Conhecemos bem as escrituras, pelo próprio esforço e nas interpretações dos sacerdotes, e não devemos faltar com a razão. Moisés foi o portador da Justiça, pela dureza dos corações. No entanto, o raciocínio nos faz crer que a nova mensagem do Evangelho que estamos conhecendo, transforma a Justiça pelas linhas da misericórdia, em Amor e, é justo que saibamos, que somente o Amor no coração das criaturas fará estabelecer a verdadeira compreensão ao longo do tempo, nos lares e nas nações.
Sejamos inteligentes, não nos iludamos com falsas filosofias. O esquema de Deus não foi feito para transformações imediatas, principalmente no tocante às almas.
O despertar de um espírito para as coisas reais da vida depende de sequências de esforços indescritíveis. O sol tem uma marcha moderada, com respeito ao tempo, para formar o dia, e este a mesma sequência, na estrutura dos anos. Assim os séculos, assim os milênios, assim a eternidade.
A compreensão é incompatível com a ignorância. Se a ignorância comanda e domina a maioria na Terra, como poderemos esperar ajuste de Entendimento entre as criaturas?
Se é certo que toda a humanidade tem fome de amor, é mais justo que esse amor seja dado aos que desconhecem os seus grandes benefícios.
Estão sendo instalados na seara da Terra os meios de propagação da mensagem que nos levará ao maior Entendimento das coisas e da vida, da vida e dos homens e do mundo dos anjos.
Porque é por vontade de Deus que estamos aqui, para transmutar a justiça em perdão, e o perdão em caridade que, nesse fluxo da vida, passe a esplender na pureza do amor.
Preparemo-nos para escutar a verdade que não esperávamos. Se nos preocupamos muito com a compreensão de uns em relação aos outros e dos outros conosco, se intentamos lutar para estabelecer um Entendimento universal, se nos dispomos a trabalhar para uma unidade de sentimentos, coloquemos o capacete do trabalho edificante sem perguntar o que vamos receber.
Envolvemo-nos na tolerância, educada na força do bom senso.
Respiremos e distribuamos a caridade sem fanatismo, arregimentando as armas do perdão incondicional e não pensemos no tempo em que a nossa cooperação com os outros que esposam as mesmas ideias venha a formar a fraternidade entre os povos.
Porque na verdade, essa incompreensão que tanto tememos, nós a sentiremos no nosso próprio meio, onde temos as melhores armas para combate-la.
Mas, se continuamos no bem até o fim, fazendo a nossa parte, os outros farão o mesmo, e Deus fará o resto.
Sióstio de Lapa
Enviado por Sióstio de Lapa em 09/05/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Voce deve sitar a autoria de Sióstio de Lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr