Meu Diário
29/07/2017 00h49
O PARTIDO – AGH 03

            Tive uma grata satisfação em ler este livro, “O Partido”, de Ângelo Inácio/Robson Pinheiro, pois vi que não estava equivocado com a minha opinião política, de ter retirado o meu apoio ao presidente Lula, desde que foi descoberto a tramoia da compra dos parlamentares para ser votado leis de seu interesse. Mesmo ele negando ter feito tudo aquilo e tentando criminalizar os seus comparsas, como se ele fosse inocente de tudo que acontecia. Percebi então que a mentira era uma das suas estratégias, e como a mentira é uma das armas da maldade, passei a associá-lo com o mal.

            O livro mostra com bastante coerência todo o trabalho das forças do mal, as estratégias dos magos das trevas para comandar a vontade dos políticos que já tem essa tendência intrínseca de trabalharem para os benefícios próprios, sem nenhuma preocupação com o bem estar da nação.

            Também acho interessante e uma forma de comprovar a verdade dessas ocorrências, é que não percebemos, como acontece aqui no mundo material, o mundo espiritual mandar uma contrainformação deformando essa verdade.

            Aqui na materialidade é a coisa mais comum, uma pessoa ser pega num delito e logo colocar uma serie de argumentos mentirosos para que a verdade não lhe alcance, para que não pague por seus crimes. É isso mesmo que o livro mostra como estratégia das trevas, usar a mentira sistematicamente para obnubilar a verdade, os crimes praticados, e mais ainda, jogar sobre os adversários os crimes que eles cometem.

            Por esse motivo observamos a contaminação de grande parte da população como sendo vítima dessa indução hipnótica feita pelo mal. Nem a mais robusta prova que a justiça coloca à nível de opinião pública, consegue mostrar a realidade de quem não está se beneficiando dessa corrupção. Quanto mais os comparsas que estão usufruindo da mesma atividade criminosa, como os sindicatos e ONGs, por exemplo. Recebem grande quantidade de recursos para lutarem pela manutenção desse status quo.

            Um exemplo marcante da força hipnótica dessa ações, é a posição da Universidade, da academia, cujos membros em sua maioria não conseguem ver o contraditórios de quem tanto alocou recursos nessas atividades acadêmicas, sem procurar saber de onde vieram e se iria causar um grande estrago na sociedade como aconteceu.

            Esse é o mecanismo por onde se realiza o hipnotismo, favorece de alguma forma a pessoa, qualquer que seja o grau de instrução ou potencial financeiro e a partir daí cooptam as consciências que se recusam a ver o contraditório.

            Por esse motivo o trabalho dos Guardiões, da polícia da Luz, deve ter os seus representantes de consciência livre aqui no mundo material, assim como as forças do mal tem as suas marionetes.


Publicado por Sióstio de Lapa em 29/07/2017 às 00h49
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
28/07/2017 23h41
DIMENSÕES DA VERDADE (10) – AUXÍLIO AGORA

            O apelo que a mentora Joana de Ângelis faz sobre o auxílio que devemos prestar agora, enquanto estamos encarnados com pessoas necessitadas ao nosso lado, é deveras impactante. São oportunidades que temos e que perdemos, ao ver tantos desamparados e não dar nenhuma palavra de misericórdia, e depois nos apiedamos e sofremos por eles; de encontra-los em sofrimentos atrozes, ficar receosos de falar com eles a respeito da vida verdadeira, e depois, dominado por forte compaixão, rogar ao Senhor em favor deles. Até parece que enquanto encarnados, fossem seres invisíveis.

            Perdidas são as oportunidades, quando defrontamos com esses seres no corpo denso, e tememos que eles não nos respeitem... depois pedimos aos mentores que eles se recuperem e tenham a paz; eles transitavam lado a lado conosco, na ignorância, mas pensávamos que não competia despertá-los... agora compreendemos quanto eles sofrem e oramos emocionados para que nossa vibração os ajude.

            Essas ações a posteriori, quando os seres miseráveis desencarnam, não deixam de ter sua utilidade, mas o mais importante é o auxílio agora, enquanto eles estão encarnados. O que pudermos fazer pelos irmãos encarnados, fazer... devemos nos cobrir de contrição e amor, derramar o cálice dos nossos sentimentos, produzir vibrações puras para abrandar nossas ansiedades e diminuir nossas dores. Devemos orar por esses irmãos com carinho, sabendo também que iremos retornar ao Mundo Espiritual onde iremos encontra-los.

            Leon Denis já nos dizia em seu livro “O Problema do Ser, do Destino e da Dor”, que o pensamento (...) atua principalmente em nós: gera nossas palavras, nossas ações e, com ele, construímos, dia a dia, o edifício grandioso ou miserável de nossa vida presente e futura. (...) os pensamentos produzem formas, imagens que se imprimem na matéria sutil, de que o corpo fluídico é composto.

            Portanto, nossa ação de orar, dirigido pelo pensamento fraterno, é uma ferramenta importantíssima de ajuda, assim como qualquer ato sintonizado com o Bem. Plasmamos assim no mundo material aquilo que o nosso pensamento cria no seio das emoções.

            Existem muitos reencarnados carentes, no lar como verdugos da nossa paz, no trabalho exigindo de nós humildade, nos afetos por nos sentir feridos nos sentimentos, e nas ruas sob ameaça contínua às nossas horas no corpo físico.

            Devemos oferecer uma mensagem de esperança e alento, mesmo que as pessoas necessitadas não desejem seguir conosco nas linhas renovadoras por onde caminhamos.

            Lembrar que eles são nossos irmãos de retaguarda que têm horas de amargura por culpa nossa e que o Senhor consentiu recomeçassem a experiência evolutiva ao nosso lado em benefício nosso e deles próprios.

            Não devemos esperar que eles desencarnem para que o amemos ou oremos por eles. Ajudemos desde já. Possivelmente não nos compreenderão, nem devemos esperar que nos compreendam.

            Os náufragos de hoje no além túmulo, já se encontravam perdidos desde antes de partirem. Por que não os ajudamos antes de partirem? E agora, depois que partiram é que nos lembramos a orar por eles, que agora estão invisíveis, e antes materializados ninguém os via, ninguém os amava.

            Jesus, o Divino Mestre, é quem nos dá formosas lições de como prestar este auxílio agora. Existem os irmãos carentes que são fáceis de amar, pessoas edemoniadas, doentes, aleijados, cegos, e até mortos; porém existem os irmãos difíceis, aqueles que O prenderam e julgaram, com toda arbitrariedade e brutalidade, que foi submetido a uma eleição pública e perdeu para um reles salteador e assassino, até sofrer o clímax da crucificação, onde do alto do madeiro continuava a perdoar os seus ofensores, pois eles não sabiam o que estavam fazendo.


Publicado por Sióstio de Lapa em 28/07/2017 às 23h41
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
27/07/2017 05h00
COLÔNIAS ESPIRITUAIS SOBRE O BRASIL

            Existem colônias espirituais no mundo astral onde se destinam os espíritos que desencarnam e que não precisam passar pelo umbral. Uma dessas colônias, a mais conhecida, devido ao livro e filme derivado da obra de André Luiz/Chico Xavier, é a “Nosso Lar”.

            As Colônias Espirituais” podem ser de características socorristas, correcionais, estudo e desenvolvimento das artes, pesquisas no conhecimento científico e muitas outras.

            Para efeito de estudo irei adaptar um trabalho que pode ser encontrado na net que cita 20 dessas colônias e que são formadas pela Lei de Afinidade.

01 - Colônia das Águas

            Próxima à entrada do rio Amazonas, em terras do Brasil, ainda com o nome de Solimões, estendendo-se no sentido em que correm as águas do grande rio, no seu encontro com o mar. Sua especialidade é receber desencarnados por problemas circulatórios e que são afetados no perispírito pela impressão da doença.

            02 - Colônia Amigos da Dor

             Fica ao norte de Minas Gerais, passando pelo extremo sul da Bahia, passando por Porto Seguro e avançando pelo Oceano Atlântico. Realiza grande socorro a recém desencarnados através de missas, visto que os tarefeiros dessa Colônia prestam atendimento nas igrejas, nas santas casas de misericórdia e em funções de ritual católico. É uma das mais antigas colônias em terras brasileiras.

            03 - Colônia da Praia

            Fica no sudoeste do Espírito Santo, próximo a Marataízes, estendendo-se além da Ilha dos Franceses. É voltada para atividades espirituais que atuam na ecologia terrena, desenvolvendo estudos e mantendo observação atuante no equilíbrio exercido pelo oceano, na estrutura do planeta. Funciona como um dos pontos de vigilância na harmonia planetária.

            04 - Colônia das Flores

            É uma das maiores colônias espirituais. Inicia-se na parte central de Santa Catarina, nas proximidades de Tangará, seguindo sem interrupção até o norte de Goiás, na cidade de Alto Paraíso de Goiás. Como ponto de referência, no Paraná, está próxima a União da Vitória, a Londrina. Adentrando São Paulo, às cidades de Presidente Prudente, Pereira Barreto e Santa Fé do Sul. Segue em direção do sudoeste de Minas Gerais, adentra Goiás, por São Simão, Paraúna até Alto Paraíso. Especializou-se no socorro aos que desencarnam vítimas de câncer e que quase sempre conservam a impressão da doença no perispírito.

            05 – Colônia Nova Esperança

            Poderia ser chamada de “Colônia de Estatística Planetária”, devido à sua importantíssima função na catalogação de todos os espíritos que entram, saem e que permanecem no orbe planetário, o que hoje, equivale a aproximadamente 30 bilhões de espíritos. Ela se localiza bem próximo a cidade de Palmelo/GO (na direção de leste a norte), estendendo-se nas direções das localidades de Pires do Rio, Ipameri e Caldas Novas, respectivamente. É grande a quantidade de espíritos que chegam para os primeiros socorros, devido à sua potente irradiação planetária. Após o tratamento inicial, vários espíritos são encaminhados a outras colônias, para o prosseguimento de tratamentos específicos ou por afinidade e vontade, ou, ainda, por solicitação de espíritos familiares, com méritos para isso. Possui vários postos de atendimento espalhados por vários lugares da Crosta Terrena, e estes postos recebem todos o nome de “Boa Esperança”. As atividades espirituais são intensas e possui muitos emissários de luz. Todo trabalho de serviço prestado na Colônia recebe-se “bônus-hora”.

            06 – Colônia Morada do Sol

            Localiza-se na parte leste do Brasil, estendendo-se do norte da Bahia, próximo a Altamira, atravessa Sergipe, passando por Aracaju, segue por Alagoas, por via de Maceió, indo até o norte de Pernambuco, na Ilha de Itamaracá. Esta Colônia também coordena um trabalho de equipes espalhadas pelo planeta, levando socorro, assistência e amparo a todos os portadores de “doenças tropicais”, os quais se encontram encarnados.

            07 – Colônia Raios do Amanhecer

            Localiza-se na parte central do planeta, acompanhando a imaginária linha do equador. Forma uma quase “ciranda” em torno da Terra, embora apresente núcleos de espaço em espaço. Os maiores núcleos estão no Brasil, norte do Amapá, passando pelas guianas em direção ao Atlântico; na África, abrange os dois Congos e o Quênia; e o outro grande núcleo se encontra nas ilhas da Indonésia, entre os oceanos Índico e Pacífico. Além desses existem outros núcleos menores e o conjunto deles é que constitui a Colônia Raios do Amanhecer. Cada núcleo apresenta características filosóficas próprias, embora seja a do Cristo a filosofia de atendimento em todos eles. No Brasil, a Colônia tem o aspecto de uma grande “parque infantil”. Pois é o mundo espiritual das crianças. Os grandes centros de lazer infantil na Terra foram inspirados nessa Colônia.

            08 – Colônia Regeneração

            Localiza-se nas proximidades de Goiânia, seguindo em direção a Brasília, envolvendo Anápolis, Pirenópolis, Luziânia até Formosa. Trabalha também na recuperação de espíritos mutilados no perispírito, área que envolve muitos setores de atendimento: fluídico concentrado, terapias, academias, esportes, tudo isso com uma contínua conscientização de renovação interior.

            09 – Colônia do Sol Nascente

            Fica no sudoeste do Estado de São Paulo, envolvendo as áreas de São José dos Campos, Campos do Jordão, Itajubá (MG), Pouso Alegre (MG), Águas de Lindóia e Bragança Paulista, em São Paulo. A Colônia apresenta também um setor de preparação do espírito para o reencarne aguardando o momento determinado por Deus; geralmente ficam felizes com a nova oportunidade e aguardam esperançosos; e há os que são encaminhados para lá para receberem essa preparação para voltarem à vida física.

            10 – Colônia Redenção

            Fica no leste da Bahia, com uma forma mais ou menos triangular, numa área que envolve Salvador, Alagoinha e Feira de Santana e é de grande referência no plano espiritual. É um grande laboratório fluídico, do qual toda a colônia se beneficia e distribui seus fluidos através de suas equipes socorristas na Terra. Nesta Colônia encontra-se um arquivo com as mais lindas histórias e exemplos de amor que o Planeta conheceu, começando pela história de Jesus, com cenas vivas.

            11 – Colônia das Montanhas

            Localiza-se a noroeste de Minas Gerais, próxima à divisa com Goiás, adentrando o sudoeste entre a Serra Bonita (MG) e a Serra da Capivara (BA) e a Serra dos Gaúchos (MG), envolvendo toda a área do parque Nacional Grande Sertão Veredas, onde envolve as águas dos rios Urucaia e Pardo com seus afluentes.

            12 – Colônia Bom Retiro

            Localiza-se no Paraná entre Curitiba e Ponta Grossa, estendendo-se ao norte até Cerro Azul e, ao sul, até Água Azul. Tem o formato de um losango. Além do socorro espiritual a desencarnados, sua função principal é voltada ao reequilíbrio do espírito.

            13 – Colônia Padre Chico

            Fica no Triângulo Mineiro, na região que envolve Uberlândia, Tupaciguara, Monte Alegre de Minas, Prata e Miraporanga, como pontos de referência material. É também conhecida no Plano Espiritual como a Colônia das Margaridas, pela grande quantidade dessa flor espalhada por toda a colônia, na cor branca e amarela. Colônia de porte médio, tem vida intensa e movimentada devido ao grande número de espíritos nela abrigados tanto para socorro quanto para trabalharem e servirem em nome do Cristo. Ala dos Hospitais, dos Albergues, das Escolas, de Informações, Áreas residenciais e Parte Central da Colônia.

            14 – Colônia do Moscoso

            Situada na parte centro-leste do Espírito Santo. Envolve a área que abrange Vitória, Vila Velha, Domingos Martins, Cariacica, Serra, Jacaraípe e Oceano Atlântico. Tem o formato de um retângulo – características orientais, por ter sido fundada pelos “Moscos”, povos que habitavam entre o Mar Negro e o Mar Cáspio, havia milhares de anos e que vieram em migração espiritual para o psiquismo do Brasil. Tem como característica o desenvolvimento de técnicas especiais, que auxiliam o espírito à autodescoberta, como essência divina. Distribui equipes de tarefeiros, por toda a parte, estimulando e concedendo apoio a toda tarefa que visa à educação da alma, no domínio de si mesma, ampliando os setores do autoconhecimento. Inspiram encarnados nos livros de autoajuda oferecendo o resultado de suas pesquisas e esforços ao autoconhecimento.

            15 – Colônia do Rouxinol

            Fica ao norte do Brasil, no Maranhão, na região que envolve a Serra das Alpercatas. Suas extremidades aproximam-se ao norte da cidade de Presidente Dutra; ao sul, de Raimundo das Mangabeiras; a leste, da Represa da Boa Esperança (divisa com Piauí) e, a oeste, de Naru. Há uma profunda sensação de paz e ali ficam os espíritos que desencarnaram após longos períodos de enfermidade ou que tiveram morte súbita, com perda de sangue (o plasma da vida).

            16 – Colônia das Violetas

            É uma colônia do Brasil Central. Se estende do rio Sucunduri (AM) ao Parque Nacional do Araguaia (TO), passando pela Serra do Cachimbo, por Santa Maria das Bandeiras (PA) e pela Serra dos Apiacás e Alta Floresta (MT). A colônia desenvolve técnicas voltadas para a cura de enfermidades cardíacas. Nos seus educandários e laboratórios, espíritos estudiosos oferecem não só o plano espiritual, mas também aos estudiosos encarnados, o resultado de suas pesquisas. O avanço médico, no setor cardíaco, recebe direta ou indiretamente a influência positiva dessa Colônia inspirando os transplantes do coração, pequenas, médias e grandes cirurgias cardíacas e todo avanço desenvolvido nessa área vem desta Colônia.

            17 – Colônia Gramado

            A Colônia desenvolve também um trabalho específico – técnicas de estudo relacionadas com a “coluna vertebral”, “coordenação motora das pernas e pés”. Muitos dos profissionais dessa área encarnados têm afinidades com esta colônia recebendo dela muita influência, em especial os que fazem “cirurgias de hérnia de disco”, para se aprimorarem as técnicas dessa enfermidade. Cuidam também de serviços relacionados com “paralisias”.

            18 – Colônia do Abacateiro

            Abrange os estados de Goiás e Mato Grosso na região que fica entre o distrito de Aparecida do Rio Claro, próximo a Montes Claros de Goiás (GO), Barra do Garças (T), Primavera do Leste (MT), Chapada dos Guimarães, Cuiabá, Rondonópolis (MT) e Bom Jardim de Goiás (GO), como pontos de referência. Aparecida do Rio Claro e Cuiabá são os pontos extremos de leste e oeste, e toda a colônia é cercada de abacateiros. A Colônia desenvolve técnicas e tratamentos específicos no atendimento “renal”, tanto no perispírito quanto no auxílio a todos os processos de enfermidade renal dos encarnados em resgate nesse setor.

            19 – Colônia “Estudo e Vida”

            Encontra-se no Mato Grosso do Sul e parte da Bolívia. No Brasil, envolve a região do Pantanal Matogrossense adentrando a Bolívia pela Lagoa Mandioré. A finalidade da Colônia é o estudo da vida. Todo espírito que deseja aprofundar-se em algum estudo de autoconhecimento para compreensão dos próprios conflitos e desencontros, para qualquer assunto que vise ao bem, à elevação de conceitos e à busca de Deus, desde que tenha bônus-horas” suficiente para inscrever-se na Colônia, poderá dirigir-se a ela e permanecer enquanto desejar. Espíritos também fazem uma retrospectiva, reprogramando-se para o futuro, verificando que pontos ainda fazem ingressa na matéria, para posteriormente poderem deixar o planeta Terra em busca de outro.

            20 - Colônia Arco-Íris

            Localizada na região norte do Brasil, a Colônia vai de Porto Velho (RO) a Manaus (AM), em linha reta, abrindo aproximadamente 20 km de largura. Espíritos volitam entre esses arco-íris como se fossem viadutos no espaço em tarefas de amparo aos encarnados e conhecidos como “os filhos do arco-íris”.  Estas foram poucas das muitas Colônias Espirituais existentes em nosso país.

            Esse estudo servirá como uma base onde outros estudos poderão se amparar, se ela tiver consistência para permanecer como verdade. Pessoalmente, fiquei muito interessado na Colônia Estudo e Vida, pois o trabalho que realizo, de aplicar na prática os fundamentos do Amor Incondicional, necessita de muitos ajustes que a Colônia poderá me proporcionar. A questão é saber se os bônus-horas necessários para o ingresso podem ser adquiridos aqui ou tenho que adquirir no mundo astral por ocasião do meu desencarne. Não sei, mas acredito que sejam adquiridos por lá, logo que chegue, se a pessoa tiver condições de não estagiar no umbral.


Publicado por Sióstio de Lapa em 27/07/2017 às 05h00
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
26/07/2017 00h26
REFUGIADOS – AGH 02

            O tema de refugiados ingressando nos países mais desenvolvidos, e trazendo transtornos para os habitantes nativos, trazem diversas reflexões, prós e contras. Tenho alguns argumentos prós, mas a maioria posso considerar como contras, da forma que está sendo feito. O que gera tanta emergência nessas migrações que atingem principalmente os países do primeiro mundo da Europa, são as crises pelas quais esses povos passam, como fome, guerras, terrorismo, etc.

            Mas por que essa ajuda não é feita nos países em que surgem as necessidades, sem necessidade da migração dos povos? A lembrança do que aconteceu na administração da colônia espiritual “Nosso Lar”, quando um espírito maléfico tenta entrar e é impedido, mostra a responsabilidade que essas administrações devem ter para não se deixarem envolver por sentimentalismo ou posicionamento “politicamente correto” e assim deteriorar a qualidade de vida dos habitantes nativos.

            Existe o argumento que esses povos que integram os países do primeiro mundo já cometeram muita maldade contra esses povos agora necessitados, e que essas invasões que eles agora provocam tem o objetivo de saldar essa dívida.   

            Visto por esse ângulo, é justificável que isso aconteça com esses povos, inclusive conosco, que estamos ameaçados da mesma invasão. Mas isso deveria acontecer com todos, principalmente os membros nas Nações Unidas de onde surgem essas propostas. O país sede da ONU, Suíça, deveria ser a primeira a receber tal quantidade de refugiados, mostrando pelo exemplo como deveria ser. No entanto, fica apenas na sugestão e até obrigação dos demais países ofertarem essa ajuda humanitária.

            Por outro lado, podemos avaliar que esses povos que agora sofrem tal necessidade, estão formados justamente por aqueles que em outras vidas foram os algozes de tantos outros povos. Agora estão encarnados justamente no local de onde promoveram tal sofrimento e agora dentro do mesmo sofrimento tem a oportunidade de resgatar os seus débitos com a Justiça Divina. O fato de aceitarmos a invasão deles em nossas cidades, atua na contramão dessa Justiça Divina. Nossa caridade deve existir, mas prestando suas ações nos seus próprios habitats, e mesmo assim quando essa ajuda fosse aceita. É inadmissível pela lógica, que o caridoso seja impedido em suas ações por questões políticas ou religiosas, e mesmo assim continue a ofertar o seu trabalho, até mesmo com o risco da própria vida, como acontece com a ONG Médicos sem Fronteiras.

            Como integrante da Academia dos Guardiões da Humanidade, tenho mais dever de cuidados com aqueles cidadãos que atuam dentro da justiça e da ética, procurando seguir as lições do Mestre Jesus, e a vontade de Deus. Os criminosos, ignorantes, hipnotizados, ou malfazejos por índole, devem sentir o peso da Justiça que podemos fazer aqui também no mundo material. É aquela velha questão que deixa todos os cidadãos de Bem revoltados, quando o pessoal dos Direitos Humanos investe toda sua energia em trazer benefícios aos criminosos, enquanto as vítimas de seus malfazejos atos ficam ao desamparo.

            Vejamos o exemplo dos expurgos planetários coordenados pela Justiça Divina, nenhum desses espíritos malfazejos que necessitam ser expulsos de determinado planeta por suas índoles perversas e sem sinal de arrependimento, eles não são jogados em planetas mais evoluídos, pelo contrário, vão ser colocados em planetas mais primitivos, como aconteceu conosco no expurgos dos espíritos malvados de Capela.

            Também podemos ver o exemplo de muitos espíritos encarnados que são classificados como “sem teto”, que vivem nas ruas das cidades, muitos sem nenhuma preocupação em se esforçarem para o crescimento pessoal, da mesma forma que os “sem terra” que fazem acampamento nas margens das estradas, bloqueiam estradas e invadem propriedades causando prejuízo e caos às pessoas que trabalham com esses bens.

            Claro, existem pessoas nesse meio que realmente necessitam do apoio do estado, da caridade dos irmãos, mas muitos tentam se aproveitar dessa caridade, da ingenuidade de tantos.

            Esse é o motivo pelo qual o meu senso de caridade resiste em ajudar a crianças, mulheres ou idosos que encontro pelos cruzamentos, semáforos, pois vem sempre à minha mente que pode existir por trás dessa pessoa um meliante que se aproveita de sua fragilidade e de minha ingenuidade.


Publicado por Sióstio de Lapa em 26/07/2017 às 00h26
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
25/07/2017 00h02
POLÍTICO ESPÍRITA – AGH 01

            A Política é uma atividade humana das mais nobres. É a ciência da governança de um Estado ou Nação e também uma arte de negociação para compartilhar interesses particulares com foco no bem geral. É importante que o bem geral não seja prejudicado pelo bem particular, de indivíduos ou grupos. Isso termina sendo difícil de ser aplicado, pois as pessoas com instrução suficiente para praticar os princípios políticos, não tem força moral suficiente para resistir as tentações de desviar os esforços da coletividade em benefício próprio.

            As lições que o Mestre Jesus veio trazer para nós, sobre o Amor Incondicional, para mostrar o caminho da ética e da moral, no sentido de amar ao próximo como a si mesmo, ensina o caminho para a prática da política na sua essência.

            Mas, tanto os princípios políticos como as lições cristãs foram distorcidas ao longo do tempo, dos 2000 anos de sua exposição, desde o excelso sacrifício do ilustre Mestre. Hoje, com a reativação dos princípios cristãos através dos ensinos dos próprios espíritos, codificados por Allan Kardec, temos a oportunidade de praticar a política sem deteriorações de enfoque filosófico.

            A palestra do psicólogo junguiano Djalma Argollo, fala com propriedade da condição do Espírita, daquele que quer seguir os ensinamentos dos espíritos e portanto seguir as lições de Jesus, quando este também tem vocação política. Alguns limites essa pessoa espírita deve ter em mente quando se dispuser a fazer também o trabalho político. Uma das questões cruciais é não encarar qualquer meio para atingir os objetivos. Mesmo que o objetivo seja benéfico, esteja dentro das lições do Cristo e daquilo que Deus espera de nós, se usamos métodos não cristãos para os alcançar, perdemos a nossa condição de executar a ação do Bem, estamos com nossa história contaminada. A mentira, tão comum nos embates políticos, nas promessas feitas com a consciência de que não pode ser realizada, ou que não traz benefícios coletivos uma ação benéfica, mas dirigida a indivíduos ou alguns grupos, é uma forma dessa contaminação.   

            O espírita pode e deve ser um político, se tiver essa vocação, mas não deve formar no Congresso uma bancada espírita, como observamos em outras religiões, ou procurar se eleger com os votos dos seus confrades, com o objetivo de defender os seus interesses exclusivos em detrimento da coletividade. Também não pode defender ou compactuar com as falcatruas desenvolvidas por seu partido, deve ter a coragem de pedir o afastamento desse partido quando for comprovado uma irregularidade pela justiça e o mal feito não for corrigido de imediato.

            O novo estilo do espírita fazer política já foi demonstrado por pessoas da estirpe do médico Bezerra de Menezes, entre outros, mas esses exemplos não vemos mais ocorrer nos dias atuais. Mesmo que nunca tenha ouvido falar do Movimento Espírita, pode até mesmo ser ateu, mas se tem um comportamento íntegro, é um homem de Bem, não se envolve em atos ilícitos nem apoia quem os faça, este pode ser considerado um cristão, um filho de Deus.  


Publicado por Sióstio de Lapa em 25/07/2017 às 00h02
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 6 de 412 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr