Meu Diário
19/07/2017 03h25
GUARDIÕES DA HUMANIDADE (5ª AULA) – PLANETA TERRA – SOS ECOLOGIA INTEGRAL

            Esta aula procura mostrar a importância do planeta Terra nos demais planetas da galáxia. Lembrar que o principal responsável pela existência da Terra dentro do sistema solar, que é limitado pela grandeza de Sua própria aura. É considerado que existam nove raças disseminadas na dimensão física da Terra. Foi colocado um elemento dentro do sistema que controla os nossos desmandos, enquanto humanos ignorantes.

            Tem um texto datado de 1854, a resposta do cacique Seattle ao presidente norte-americano F. Pierce, que tentava comprar suas terras. Um exemplo de silvícola, guerreiro, caboclo, considerado atrasado pelos homens brancos. Em suas palavras, a sabedoria ancestral e o retrato da evolução espiritual de uma raça incompreendida.

            A Terra está passando por um momento difícil de sua existência devido a reencarnação de grande número de espíritos das regiões umbralinas, como última oportunidade que eles tem de se regenerarem e evitar o expurgo. Por isso é importante o estudo da Ecologia, frente a transformação que a Terra irá passar muito em breve. Devemos ter cerca de mil anos para fazer o trabalho de regeneração que a Terra irá precisar, depois de tão combalida pela ação egoísta dos espíritos descompromissados. Vamos avaliar por trechos do relato do cacique:

            O ar é precioso para o homem vermelho, pois todas as coisas compartilham o mesmo sopro: o animal, a árvore, o homem, todos compartilham o mesmo sopro.

            Isso significa, que mesmo entre povos considerados primitivos, a ideia de que estamos imersos numa mesma conjuntura energética, que pode ser considerado o Amor, assim como os peixes estão mergulhados nas águas dos oceanos.

            Portanto, vamos meditar sobre sua oferta de comprar nossa terra. Se nós decidirmos aceita-la, imporei uma condição: o homem branco deve tratar os animais desta terra como seus irmãos.

            Devemos respeitar toda forma de vida que existe na Terra, não que isso nos obrigue a ser vegetariano, mas que não empreendamos safaris, caçada aos animais por simples divertimento, para ostentar com orgulho uma cabeça empalhada na sua sala de visitas.

            O que é o homem sem os animais? Se os animais se fossem, o homem morreria de uma grande solidão de espírito. Pois o que ocorre com os animais, em breve acontece com o homem. Há uma lição em tudo. Tudo está ligado.

            Devemos reconhecer a interdependência que existe entre todos os seres vivos, e entre a humanidade principalmente, pois é dentro da humanidade que vamos encontrar o intelecto mais desenvolvido, capaz de elaborar os princípios morais e os defender como o caminho correto de aproximação ao Criador.

            Vocês devem ensinar as suas crianças que o solo a seus pés é a cinza de nossos avós. Para que respeitem a terra, digam a seus filhos que ela foi enriquecida com a vida de nosso povo.

            Ensinem às suas crianças o que ensinamos às nossas: que a terra é nossa mãe. Tudo que acontecer a terra acontecerá também aos filhos da terra. Se os homens cospem no solo, estão cuspindo em si mesmos.

            Disto nós sabemos: a terra não pertence ao homem; o homem é que pertence a terra. Disto sabemos: todas as coisas estão ligadas, como o sangue que une uma família. Há uma ligação em tudo.

            Responda aos adversários com silêncio e qualidade no seu trabalho, conselho de Chico Xavier à Robson Pinheiro, em função de um ataque que este sofrera do movimento espirita de Minas Gerais.

            O que ocorre com a terra recairá sobre os filhos da terra. O homem não teceu a teia da vida, ele é simplesmente um dos seus fios. Tudo o que fizermos ao tecido, fará o homem a si mesmo.

            Vamos fazer uma teia de amor e de justiça ao redor do planeta Terra com o trabalho dos guardiões da humanidade, por isso ele está deixando de ser apenas presencial para se tornar também on-line.

            Mesmo o homem branco, cujo Deus caminha e fala com ele de amigo para amigo, não pode estar isento do destino comum. De uma coisa estamos certos (e o homem branco poderá vir a descobrir um dia): Deus é um só, qualquer que seja o nome que lhe deem. Vocês podem pensar que o possuem, como desejam possuir nossa terra; mas não e possível. Ele é o Deus do homem, e sua compaixão é igual para o homem branco e para o homem vermelho. A terra lhe é preciosa e feri-la é desprezar o Criador. Os homens brancos também passarão; talvez mais cedo do que todas as outras tribos. Contaminem suas camas, e uma noite serão sufocados pelos próprios dejetos.

            Usou uma metáfora para dizer que, se continuarmos a contaminar a terra, um dia seremos sufocados pelos próprios dejetos, como é o caso da poluição do ar, com a fumaça jogada constantemente no espaço; como é o caso da poluição dos mares, com o lixo constantemente jogado.

            Como é que se pode comprar ou vender o céu, o calor da terra? Essa ideia nos parece um pouco estranha. Se não possuímos o frescor do ar e o brilho da água, como é possível compra-los? Cada pedaço de terra é sagrado para meu povo. Cada ramo brilhante de um pinheiro, cada punhado de areia das praias, a penumbra da floresta densa, cada clareira e inseto a zumbir são sagrados na memória e experiência do meu povo. A seiva que percorre o corpo das árvores carrega consigo as lembranças do homem vermelho...

            Comparando, parece que o índio é mais civilizado do que o orgulhoso homem branco...

            Não há um lugar quieto nas cidades do homem branco. Nenhum lugar onde se possa ouvir o desabrochar de folhas na primavera ou o bater de asas de um inseto. Mas talvez seja porque eu sou um selvagem e não compreendo. O ruído parece somente insultar os ouvidos. E o que resta de um homem, se não pode ouvir o choro solitário de uma ave ou o debate dos sapos ao redor de uma lagoa à noite? Eu sou um homem vermelho e não compreendo. O índio prefere o suave murmúrio do vento encrespando a face do lago, e o próprio vento, limpo por uma chuva diurna ou perfumado pelos odores da floresta.

            A aula termina com um vídeo que traz a seguinte mensagem:

            Ano 2070

            Acabo de completar 50 anos, mas a minha aparência é de alguém de 85.

            Tenho sérios problemas renais porque bebo pouca água.

            Creio que me resta pouco tempo.

            Hoje sou uma das pessoas mais idosas nesta sociedade.

            Recordo quando tinha 5 anos. Tudo era muito diferente.

            Havia muitas árvores nos parques. As casas tinham bonitos jardins e eu podia desfrutar de um banho de chuveiro por aproximadamente uma hora.

            Agora usamos toalhas em azeite mineral para limpar a pele.

            Antes, todas as mulheres mostravam as suas formosas cabeleiras. Agora, raspamos a cabeça para mantê-la limpa sem água.

            Antes, meu pai lavava o carro com a água que saia de uma mangueira.

            Hoje os meninos não acreditam que utilizávamos a água dessa forma.

            Recordo que havia muitos anúncios que diziam para CUIDAR DA ÁGUA, só que ninguém lhes dava atenção. Pensávamos que a água jamais poderia terminar.

            Agora, todos os rios, barragens, lagoas e mantos aquíferos estão irreversivelmente contaminados ou esgotados.

            Imensos desertos constituem a paisagem que nos rodeia por todos os lados. As infecções gastrointestinais, enfermidades da pele e das vias urinárias são as principais causa de morte.

            A indústria está paralisada e o desemprego é dramático. As fábricas dessalinizadoras são a principal fonte de emprego e pagam os empregados com água potável em vez de salário.

            Os assaltos por um litro de água são comuns nas ruas desertas. A comida é 80% sintética.

            Antes, a quantidade de água indicada como ideal para se beber era oito copos por dia, por pessoa adulta.

            Hoje só posso beber meio copo.

            A roupa é descartável, o que aumenta grandemente a quantidade de lixo. Tivemos que voltar a usar as fossas sépticas como no século passado porque a rede de esgoto não funciona mais por falta de água.

            A aparência da população é horrorosa: corpos desfalecidos, enrugados pela desidratação, cheios de chagas na pele pelos raios ultravioletas que já não têm a capa de ozônio que os filtrava na atmosfera.

            Com o ressecamento da pele, uma jovem de 20 anos parece ter 40.

            Os cientistas investigam, mas não há solução possível.

            Não se pode fabricar água, o oxigênio também está degradado por falta de árvores, o que diminuiu o coeficiente intelectual das novas gerações.

            Alterou-se a morfologia dos gametas de muitos indivíduos.

            Como consequência, há muitas crianças com insuficiências, mutações e deformações.

            O governo até nos cobra pelo ar que respiramos: 137 m³ por dia por habitante adulto.

            Quem não pode pagar é retirado das “zonas ventiladas”, que estão dotadas de gigantescos pulmões mecânicos que funcionam com energia solar.

            Em alguns países restam manchas de vegetação como seu respectivo rio que é fortemente vigiado pelo exército.

            A água tornou-se um tesouro muito cobiçado, mais do que o ouro ou os diamantes.

            Aqui não há árvores porque nunca chove. E quando chega a ocorrer uma precipitação, é de chuva ácida.

            As estações do ano foram severamente transformadas pelas provas atômicas e pela poluição das indústrias do século XX.

            Quando a minha filha pede que lhe fale de quando era jovem, descrevo o quão bonito eram os bosques.

            Falo da chuva e das flores, do agradável que era tomar banho e poder pescar nos rios e barragens, beber toda a água que quisesse.

            Ela pergunta-me: papai! Por que a água acabou?

            Então, sinto um nó na garganta!

            Não posso deixar de me sentir culpado porque pertenço à geração que acabou de destruir o meio ambiente, sem prestar atenção a tantos avisos.

            Agora, nossos filhos pagam um alto preço...

            Sinceramente, creio que a vida na Terra já não será possível dentro de muito pouco tempo, porque a destruição do meio ambiente chegou a um ponto irreversível.

            Como gostaria de voltar atrás e fazer com que toda a humanidade compreendesse isto...

            ... enquanto ainda era possível fazer algo para salvar o nosso planeta Terra!


Publicado por Sióstio de Lapa em 19/07/2017 às 03h25
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
18/07/2017 18h38
GUARDIÕES DA HUMANIDADE (4ª AULA) – DESPERTAR DA CONSCIÊNCIA: GUERRA ESPIRITUAL

            Abordagens de questões mais intensas. Como o pessoal que se opõe ao trabalho do Cordeiro desenvolve suas atuações. Foi adaptado o trabalho do livro “A Arte de Guerra” nesta aula. Tem muitos casos em que os opositores do Cordeiro, do Reino de Deus, se vestem em pele de ovelha. As vezes as trevas estão vestidas de luz, o Evangelho fala sobre isso. Vamos estudar um pouco da estratégia dessa guerra espiritual

            CONSCIENTIZAÇÃO DO QUE OCORRE NOS BASTIDORES DA HISTÓRIA HUMANA

            “Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.” Efésios 6:12

            A BASE SOBRE A QUAL A POLÍTICA DAS SOMBRAS ESTABELECE O SEU PODER SOBRE OS HOMENS

            - Hipnose coletiva

            - Pretensão

            - Arrogância

            - Visão equivocada sobre sua própria importância

            - Pretendida superioridade intelectual ou moral uns sobre os outros.

            - Ataque indiscriminado sobre seus opositores

            MODELOS MENTAIS FUNDAMENTALISTA

            - Pureza doutrinária

            - Combater tudo e todos que representem ameaça o ítem acima

            - Manter-se fixo nas ideias dos fundadores do movimento.

            - Combater tudo e todos que ameacem a estabilidade e qualquer coisa que represente progresso de ideias.

            - Toda ideia nova a priori deve ser combatida e todo expoente dessas ideias tido como inimigo da doutrina.

            - Manter o movimento engessado.

            - Preconceitos de toda espécie.

            - Religiosidade exacerbada; pouca pesquisa; poucas revelações.

            - Tortura mental, emocional para com os expoentes de alguma verdade de ponta relativa.

            - Falta de união; falta de colocar em prática o perdão, o apoio mútuo, a compreensão, o direito de expressão, a educação, a ética, o bom senso.

            - Combater todo e qualquer que fizer o contrário.

            - Ignorar as estratégias das entidades das trevas.

            - A forte influenciação que POLÍTICOS DE TODO O MUNDO recebem de seres renitentes no mal, de forças externas ainda mal compreendidas por muita gente.

            - Análogo a um processo de obsessão.

            O QUE É ESTRATÉGIA?

            - Estratégia é um tipo de planejamento ou modelo mental a ser seguido e utilizado nas guerras para obter vitória sobre o adversário e com o objetivo atingir alguma meta.

            - Arte militar de escolher onde, quando e com que travar um combate ou uma batalha.

            - Arte de aplicar os meios disponíveis com vista à alcançar objetivos específicos.

            - Arte de explorar condições favoráveis com o fim de alcançar objetivos específicos, processo empregado pra se sair bem num empreendimento.

            - Para que a estratégia funcione, é preciso lembrar aos chefes de legião que seu principal objetivo é implantar sua política, conquistar os opositores e não destruir o adversário.

            - É preciso driblar a ansiedade e manter a concentração no plano traçado.

            - No planejamento estratégico os espíritos especialistas ensinam o caminho da organização e da disciplina como sendo o modo correto que pretendem vencer a guerra espiritual nos bastidores da história humana.

            - Esse modelo é a diretriz ou projeto que vai definir os passos que os peritos devem dar, sob o comando dos generais guerreiros, os chefes de legião, para vencer o sistema.

            - A principal lei da guerra é: ter motivos reais ou morais para entrar nela.

            - Os donos do poder nas regiões inferiores participam da guerra espiritual na situação de defensores do seu sistema ou de sua forma de vida.

            - Não tendo escolha de evitar o confronto com um modelo mental superior, atenderá a máxima: “Se queres a vitória, prepara-te para a guerra!”

            - Os exércitos e obsessores contratados têm que seguir técnicas, estratégias e conhecimentos que os generais mais experientes terão que apresentar.

            - Como exércitos preparados, armados, organizados pela especialização, contam com “peritos”.

            - Numa guerra quem tem melhores peritos deve alcançar a vitória.

            - Estes especialistas levam em conta cinco áreas de sua atenção: especialidade do inimigo; fatores emocionais; área a ser atacada (religião, governo, representantes do progresso); lideranças da oposição; e conhecimento dos opositores.

            GUERRA ESPIRITUAL – FOCOS VISADOS

            - Especialidade: religião; política; filosofia; social; ecológica; científica; etc.

            - Fatores emocionais – depende do estado mental do grupo a ser atacado e também o estado psicológico dos envolvidos no combate.

            MODELOS MENTAIS EXPLORADOS PELOS ESPÍRITOS DAS TREVAS

            - A área do ataque é a base em que ocorrem os combates físicos e ideológicos. Envolvem os políticos e suas nações; as instituições representativas do progresso; as pessoas que se expõem em nome das ideias veiculadas.

            - Liderança exige inteligência, confiabilidade e fidelidade à causa e capacidade de conciliar ideias aparentemente discordantes, mas ao mesmo tempo complementares.

            - São visados: preconceitos, tabus, crenças particulares ou impostas, política adotada, auto corrupções.

            - Conhecimento dos opositores; modelos de comportamento dos opositores ou representantes do progresso, seus recalques.

            - Suas fragilidades emocionais; intrigas internas; atitudes antiéticas e auto corruptas; atitudes de boicote aos próprios ideais.  

            NORMA BASILAR DOS REPRESENTANTES DAS TREVAS: DISCIPLINA

            - Disciplina envolve organização, hierarquia, clareza sobre as operações e persistência, dedicação à especialização constante, à busca de novos conhecimentos.


Publicado por Sióstio de Lapa em 18/07/2017 às 18h38
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
17/07/2017 03h29
GUARDIÕES DA HUMANIDADE (3ª AULA) – O TRABALHO DOS AGENTES DO BEM: O QUE SE ESPERA DE NÓS

            Aqueles que se apresentaram dispostos ao trabalho no Bem foi dado o nome de agentes, indiferente das habilidades que qualquer um possa ter. Apenas aqueles que receberam o chamado e o atendeu. Não é o que os Guardiões esperam de nós, é o que esse chamado vai contribuir dentro de cada um com a tarefa do Bem, da evolução espiritual. Jamar, um dos coordenadores, disse que após 5 anos, for conseguido 20 pessoas que permaneçam fieis à proposta, já está muito bom. É uma expectativa quase zero, muito pequena, pois eles sabem que existe um efeito de esfriamento muito grande nas motivações de cada um.

            Vamos falar sobre o conceito de sacerdote. É aquela pessoa que foi chamada para servir em nome do Bem. Na Bíblia observamos que existia um santuário que foi construído e destruído diversas vezes e que alguém se dedicava a servir em nome de Deus. O primeiro escolhido foi Levi e todos os seus descendentes, os levitas. Existiam também aqueles que foram constituídos, escolhidos.

            É importante conhecer essas informações para sabermos na forma de metáfora o que se espera de nós. O sacerdote tinha um compromisso com o sagrado durante toda a sua vida, em todos os momentos. Isso tem a ver com a vocação de cada pessoa, se está disposto a ter uma conduta diante do sagrado. Para mim isso é muito familiar, pois sempre estou entendendo a minha proximidade com Deus e a disposição de fazer a Sua vontade, mesmo que isso traga contrariedades para as pessoas que estão ao meu redor, principalmente aquelas mais íntimas.

            O chamado dos Guardiões da Humanidade se enquadra mais uma vez na vontade de Deus para comigo. Sei que foi Ele que me aproximou desse estudo como resposta às minhas diversas preocupações, dúvidas que coloco para Ele durante minha orações e reflexões.

            Por que estou respondendo a esse chamado dos Guardiões? Esta é a pergunta que é feita. Estou respondendo porque entendo que foi Deus me apontando um caminho para colocar com mais objetividade a missão que Ele tem para mim, de ensinar na prática e na teoria o que seja o Amor Incondicional. Encaro como um sacerdócio, o meu compromisso espiritual. Entendo que isso tenha sido um compromisso que assumi antes da reencarnação.

            CONSCIÊNCIA SACERDOTAL

            - compromisso com o divino e o sagrado

            - compromisso com o ser humano e a própria vida e qualidade de vida

            - responsabilidade sobre a obra confiada

            - mediador entre os homens, os espíritos e os homens

            OS GUARDIÕES RECRUTAM SEUS AGENTES

            - o pior tipo de ataque energético que se pode sofrer ou ser alvo, é o ataque por parte de pessoas do próprio grupo, fruto de pessoal interno. Pessoas que não se conscientizaram sobre a sua responsabilidade, sobre a necessidade de disciplina e não mantém o foco no alvo proposto.

            - não estamos recrutando soldados corruptíveis à semelhança com o que ocorre nas academias militares da Terra. Precisamos de pessoas comprometidas, que não dispersem sua atenção da meta proposta e nem se entreguem ao jogo ilusório das distrações do mundo.

            Dimitri

            O alvo proposto é trabalhar pela renovação do planeta Terra no momento de renovação, aqueles comprometidos com o ideal do Cordeiro. Assim como Moisés levantou a serpente no deserto para quem focasse seu olhar não fosse picado pelas outras, assim Jesus disse, que o Filho do Homem seria levantado para que todo aquele que nEle crê não pereça e tenha a vida eterna. Jesus aponta o foco para si mesmo, assim como Moisés levantou a serpente no deserto para que todos tivessem um foco e não fossem picados pelas serpentes restantes. Não podemos temer o mal, pois nosso foco é Jesus.

            CONSELHOS PESSOAIS (JAMAR)

            - mantenha um olho fechado enquanto o outro está vigiando. Você nunca está só e nunca estará de férias. Se é um soldado, jamais se esqueça disso.

            - nosso general, Jesus, pede contas do serviço outorgado no momento e hora em que jamais se espera. Portanto, vigia constantemente; nunca se descuide.

            - você pode ser chamado a prestar conta, no corpo ou fora dele, como vivente ou como vivo imortal. Nunca saberá em que momento nosso general o chamará para prestação de contas. Qualquer momento pode ser o seu último momento no corpo físico.

            - nunca brinque com coisas sérias; não permita usar o nome dos imortais para dar chancela ao que você pensa e à sua opinião. Com coisa séria não se brinca jamais.

            - nosso compromisso é com a vida, com o Cordeiro e com sua política divina. Deixe que os descompromissados se descuidem, que se distraiam, se divirtam e folguem. A você jamais será permitido isso. Tome consciência de que você é um soldado e não um civil. Está inscrito entre os guardiões, e um guardião é sempre um guardião, não uma pessoa de férias num mundo de distrações.

            - o inimigo não tira férias, não dá tréguas jamais. A começar pelos inimigos internos.

            Existe uma nuvem de testemunhas onde nós estivermos.

            DEVERES DO SOLDADO DE CRISTO

            - “Tu, pois, sofre as aflições, como bom soldado de Jesus Cristo.” Paulo, Timóteo 2:2

            - Honrar o compromisso assumido

            - Honrar seu corpo, sua mente, como primeiro templo sagrado.

            - Preservar o trabalho de qualquer intrusão.

            - Aprimorar-se, esclarecer, estudar.

            - Tratar o serviço a que se dedica como o mais sagrado de todos.

            - Não esperar algo que nunca foi prometido.

            - Não aguardar milagres.

            - Entender que a cada um é dado segundo a sua necessidade e a importância do trabalho a ser realizado.

            Importante reconhecer o trabalho conquistado, não usar de falsa modéstia.

            - Espírito Verdade para Kardec quando este pergunta sobre sua missão – Não; mas a missão dos reformadores é prenhe de escolhos e perigos. Previno-te de que é rude a tua porquanto se trata de abalar e transformar o mundo inteiro. Não suponhas que te baste publicar um livro, dois livros, dez livros, para em seguida ficares tranquilamente em casa. Tens que expor a tua pessoa. Suscitarás contra ti ódios terríveis; inimigos encarniçados se conjugarão para a tua perda; ver-te-ás a braços com a malevolência, com a calúnia, com a traição mesma dos que te parecerão os mais dedicados; as tuas melhores instruções serão desprezadas e falseadas; numa palavra: terás de sustentar uma luta quase contínua, com sacrifício de teu repouso, da tua tranquilidade, da tua saúde e até da tua vida, pois sem isso, viverias muito mais tempo.

            ... Faz-se mister, primeiramente, para agradar a Deus, humildade, modéstia e desinteresse, visto que Ele abate os orgulhosos, os presunçosos e os ambiciosos.

            - Para lutar contra os homens são indispensáveis coragem, perseverança e inabalável firmeza.

            - Também são de necessidade prudência e tato, a fim de conduzir as coisas de modo conveniente e não lhes comprometer o êxito com palavras ou medidas intempestivas. Exigem-se, por fim, devotamento, abnegação e disposição a todos os sacrifícios. Vês assim que tua missão está subordinada a condições que dependem de ti.

            É feito uma convocação para entrar no trabalho dos guardiões


Publicado por Sióstio de Lapa em 17/07/2017 às 03h29
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
16/07/2017 08h06
GUARDIÕES DA HUMANIDADE (2ª AULA) – O QUE ESPERAR DELES

            No seguimento deste curso, veremos o conceito do que seja Guardião e o trabalho que eles realizam no âmbito mundial, cósmico.

            A terminologia empregada para indicar a mesma coisa, o mesmo ser é a seguinte:

            Tatwas – esoterismo clássico

            Guardiões – espiritismo

            Soldados do plano astral – círculo esotérico

            Sentinelas – livros de André Luiz

            Anjos de guarda – igreja católica

            Anjos de Justiça

            Exu – umbanda e candomblé

            Esta é uma falange de seres que trabalham sob a tutela divina comandados pelo espírito chamado Miguel, que é o agente da Justiça superior para o planeta Terra. Assim como Maria de Nazaré é a representante da Misericórdia, Miguel é o representante da Justiça. É importante que, didaticamente, saibamos com quem estamos lidando.

            Os guardiões são entidades muito mal compreendidas no meio espiritual, inclusive no meio espírita, com as personalidades de exus que também são guardiões.

            Para entender a questão dos guardiões, é bom entender que tudo no universo tem sua polaridade, uma unidade na diversidade: masculino-feminino; luz-sombra; dia-noite; positivo-negativo.

            O conceito de exú é dúbio, pois alguns exus não são guardiões. Exu é o ponto de equilíbrio do elemento orixá na religião africana. Orixá é o polo positivo e exu o polo negativo. Mas alguns exus podem ser guardiões, mas nem todos os guardiões são exus. No Colegiado dos Guardiões são orientados os trabalhos por guardiões e nenhum deles são exus, não se apresentam nos terreiros de umbanda ou similares, não se manifestam através de incorporações. Mas nos trabalhos do Astral temos a participação de exus dentro da equipe. As vezes um espírito assume a postura de um Pai Velho ou Exu de acordo com as necessidades, mas que não tem neles a sua origem. A palavra exu, em tese, significa soldado do astral.

            É dito que Guardião é a mão esquerda de Deus, apenas como uma figura de linguagem.

            - há necessidade de estabelecer a ordem e a disciplina em todos os domínios do universo.

            - dessa forma a falange dos guardiões representam um fator de regulagem da Lei de Harmonia, a manifestação da Justiça para evitar o caos.

            - imaginemos cidades ou países sem policiamento, sem disciplina e sem ordem...

            - assim também poderíamos imaginar os trabalhos espirituais sem a presença e interferência dessas entidades que representam o equilíbrio em nossas tarefas.

            POLÍCIA ESPIRITUAL

            - GUARDIÃO: masculino, ativo, yang – agente mágico da Natureza que corresponde as forças em equilíbrio.

            - representam a ordem, o ponto de equilíbrio do conflito entre o bem e o mal, ou entre a sombra e a luz.

            - estão intercalados nas encruzilhadas vibratórias, nos entroncamentos energéticos. Agem conforme a Justiça, não se importam com os conceitos estritamente religiosos e humanos de bem e mal.

            - GUARDIÃ – feminino, passivo, yin – agente de equilíbrio das forças da Natureza que se sintonizam com a emoção e a sensibilidade.

            - agem de acordo com a vibração emocional. Trabalham nos cruzamentos vibratórios entre razão e emoção.

 

            - definem o ponto de equilíbrio ou desequilíbrio entre todo processo que envolve emoções fortes, causas mais sensíveis (famílias, grupos cármicos, sexualidade, emoções de grupos, conflitos emocionais entre nações, etc.). Espécie de polícia feminina do plano astral.

            HIERARQUIA ESPIRITUAL DOS GUARDIÕES

            PRIMEIRO COMANDO

            - seres espirituais responsáveis pela ordem e disciplina planetária.

            - sua atuação ocorre em proporção mundial no que se refere às energias vibradas no planeta Terra, ocupam-se de questões globais, ambientais, cósmicas, ecológicas (termo mais amplo). Preservação da vida no planeta Terra.

            - naturalmente submissos a Jesus e seus prepostos

            - temos pouca informação a respeito de sua atuação.

            PRIMEIRO COMANDO DOS GUARDIÕES

            - o seu trabalho pode ser resumido em apoio e supervisão do processo de transmigração da maior parte da humanidade encarnada e desencarnada, seu processo evolutivo em nível cósmico e atuação direta nos processos de transição de eras já ocorridos na Terra.

            Anton é um dos espíritos superiores que coordenam esse processo, nome dado por Ângelo Inácio, para termos uma referência.

            SEGUNDO COMANDO

            - estão por trás das formações de grupos de pessoas, em todo o orbe, que se preparam para a ajuda em momentos críticos; comunidades de campos, vales e serras com sistema de vida alternativos e eficientes.

            - controlam a rede de meridianos da Terra, preparando e redimensionando as energias de locais com natural potencial vibratório para um crescente fluxo de pessoas em direção de tais lugares no caso de alguma convulsão de caráter mundial.

            - sua missão em comunhão com a organização planetária, envolve também a aceleração do despertar da consciência.

            Jamar e Vatabi são exemplos de espíritos que estão nos ajudando no planeta Terra a superarmos nossas dificuldades provocadas pelo mal. Do mesmo modo que temos os chacras no nosso corpo, tem o planeta também os pontos de energia onde os guardiões tem tarefas.

            TERCEIRO COMANDO

            - estão presentes em explosões vulcânicas, terremotos e outros fenômenos da Natureza, amenizando seus efeitos.

            - procuram também desdensificar a crosta escura formada pelas formas-pensamento obscuras, a qual envolve a atmosfera.

            - atuam de forma física e, principalmente não física, a partir de bases situadas nos Andes, no Brasil, no Tibet, nos EUA, nas regiões abissais e subcrustais, na lua, entre outras.

            Podem ir mensageiros em nome dos guardiões para diversos pontos do planeta para falar geralmente com governantes sobre a responsabilidade com o Bem.

            QUARTO COMANDO

            - responsáveis pelas instituições mundiais, pessoas que tem um papel importante na renovação da humanidade através da divulgação de ideias e ideais de forma mais ampla.

            Compreende as instituições beneméritas que trabalham pelo bem da humanidade ou que prestam socorro.

            QUINTO COMANDO

            - responsáveis pela ordem e disciplina das comunidades. Respondem pela guarda de religiosos, oradores, divulgadores do pensamento espiritual, líderes religiosos e políticos de destaque em seu trabalho em benefício de comunidades.

            SEXTO COMANDO

            - Guardiões responsáveis pelas ruas, bairros, casas e que evitam o assédio de entidades perversas e desequilibradas nos ambientes das casas religiosas ou entidades assistenciais e políticas com fins humanitários

            SÉTIMO COMANDO

            - Seres responsáveis pela guarda pessoal. Também confundidos com os chamados anjos da guarda pessoal.


Publicado por Sióstio de Lapa em 16/07/2017 às 08h06
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
 
15/07/2017 21h08
GUARDIÕES DA HUMANIDADE (1ª AULA) - VOCAÇÃO ESPIRITUAL

            COLEGIADO DE GUARDIÕES DA HUMANIDADE

            Encontrei na net os trabalhos do médium Robson Pinheiro relacionados com a nossa atual realidade política e o envolvimento do mundo espiritual na situação de quase caos em que estamos situados. Ele mostra através dos seus mentores todo o trabalho que existe no mundo astral para conter as inteligências perversas que querem dominar o planeta e evitar que a proposta espiritual de transformar o Brasil em “Coração do mundo e pátria do Evangelho” não vingue.

            Observei que ele apresenta atividades didáticas para o autoconhecimento e educação sobre nossos dons espirituais e como capacitá-los para a prática do Bem. Adquiri o curso de nivelamento para o início desses estudos e irei reproduzir neste espaço a primeira aula com as minhas interações.

            Nesta primeira aula foi feita a primeira pergunta:

            O que você tem feito de genuíno, real e verdadeiro e palpável, em sua vida espiritual e que não é fruto de sua imaginação, de sua projeção mental ou apenas seu desejo de ser diferente?

            Sim, criei um Projeto Universitário chamado “Foco de Luz” para contribuir dentro da comunidade com os princípios cristãos. Participo das atividades da Associação Cristã de Moradores e Amigos da Praia do Meio – AMA-PM, como um laboratório para a aplicação prática das lições do Evangelho.

            Você já parou para pensar e fazer um relatório da sua contribuição para a humanidade?

            Não que seja um relatório com essa finalidade específica, mas o trabalho diário que escrevo no Recanto das Letras, colocando o meu comportamento como uma espécie de cobaia para os leitores perceberem minhas motivações e fragilidades. Isso serve para que cada um, veja como se tivesse diante de um espelho, e contribua para que ele possa fazer as devidas reflexões e correções comportamentais em sua vida.

            Quantas vezes no ano, no mês, na semana, no dia, você tem realizado alguma coisa importante para a sua vida espiritual?

            Tenho a convicção que cada dia executo alguma atividade construtiva para a minha vida espiritual, a começar pelo conteúdo do diário escrito no Recanto das Letras.

            Quais momentos que você viveu que você julga que participou ativamente de um trabalho espiritual com os guardiões?

            Não tenho essa sensação de trabalho junto com alguma entidade espiritual, apesar de sentir que muitos dos meus escritos têm a contribuição de inteligências além da minha.

            Quais os desafios que você enfrentou e que ficou patente a ajuda para a humanidade?

            O trabalho no Projeto Universitário Foco de Luz e AMA-PM tem levado uma contribuição à humanidade, mesmo que seja tão pequena como uma gota d´água no bico do beija-flor.

            Como você tem tratado o dom ou as habilidades que se desenvolveram ao longo do tempo em sua vida, em seu psiquismo?

            Apesar de ter perdido muito tempo da minha vida sem desenvolver com direção minhas habilidades, considero que hoje estou tentando recuperar o tempo perdido, colocando minhas habilidades intelectuais e intuitivas à serviço da vontade de Deus e das lições do Mestre Jesus.

            O Agente do Bem – Oportunidade de servir.

            “Não me escolhestes vós a mim, mas eu vos escolhi a vós. E vos nomeei para que vades e deis frutos, e o vosso fruto permaneça; a fim de que tudo quanto em meu nome pedirdes ao Pai, Ele vos conceda.” (João 15:16)

            “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria, e até aos confins da Terra.” (Atos 1:8)

            É bom ter essa compreensão, de que fui nomeado pelo Cristo em função das obras que já estou realizando, mesmo que sejam minúsculas, mas que já posso ter essa boa intervenção ao meu favor do Mestre junto ao Pai para realizar aquilo que preciso, como sabedoria e coragem para vencer as minhas fraquezas. As virtudes dos espíritos santos que já percebo sobre mim, dos diversos mentores, do meu anjo da guarda, são na forma de intuições que aperfeiçoa o meu pensamento e me livra de desvios perigosos, tanto na teoria quanto na prática.

            DESAFIOS DA EXPERIÊNCIA ESPIRITUAL

            Reforçar a convicção do seu chamado

            Não alimentar dúvidas quanto ao seu chamado ou sua vocação

            Ter claro os objetivos do seu ministério, do seu trabalho.

            Tomar a decisão

            Colocar em prática.

            O chamado que sinto de Deus para mim, é trabalhar para esclarecer o que seja Amor Incondicional, como colocar em prática na minha vida e mostrar pelo exemplo a prevalência dessa lei do Amor sobre todas as outras. Tenho claro esse objetivo, apesar de muitas pessoas tentarem colocar dúvidas sobre a minha decisão e prática. Tenho a coragem de colocar minha cara à tapa, dos diversos críticos, muito deles hipócritas.

            DESAFIOS NO TRABALHO DE PARCERIA ENTRE DOIS MUNDOS

            Lidar com: tarefas de consolar; emocionalismo nas dependências emocionais; fomentação do religiosismo salvacionista; barganhas espirituais; melindres; manipulações espirituais e emocionais; e manutenção de ideias pseudo espiritualizantes e besteirol espiritólico.

            Lido muito com isto no trabalho profissional da psiquiatria. Encontro também dentro da comunidade muita gente esperando sempre uma ajuda, uma barganha. Esse emocional dependente atrapalha muito a evolução espiritual. Pessoas melindrosas que não aceitam críticas ou sugestões. O trabalho é impedir o abuso dos outros, com bom senso, apesar das críticas “politicamente corretas”.

            AGENTES DA JUSTIÇA

            Lidam com: esclarecimento e conscientização; formação de livres pensadores; limitar a ação do mal; e espiritualidade independente.

            O trabalho que realizo na Cruzada dos Militares Espíritas, desenvolvendo curso de Psicologia de Joana de Ângelis, atende bem a esse requisito em todos os seus itens. A caridade que é feita corresponde a libertar a pessoa da ignorância. Temos que ver os agentes da Justiça e os agentes da misericórdia. Ambos estão corretos, mas não podemos contemporizar com o mal. Não é democracia, é Teocracia, de Deus, pelos espíritos, para o homem, seguindo as lições dos guardiões.

            AGENTES DA JUSTIÇA

            Lidam com: formação de soldados e agentes da Justiça; libertar da dependência espiritual, emocional e do romantismo ilusório; desmistificar a ideia sobre Deus, Jesus, os espíritos e a religião – libertação das consciências; conhecimento das estratégias dos inimigos do bem, inclusive aqueles inimigos internos.

            A ideia é que não somos dependentes dos espíritos, somos parceiros deles, o que podemos fazer de real por nossa comunidade, por nossa reforma íntima. Estamos dentro de uma Faculdade Espiritual, para termos a oportunidade de aprender o que é necessário para o enfrentamento do mal e colaborar para que nossa terra atinja o prognóstico espiritual de ser a Pátria do Evangelho. Devemos ter a postura de soldado, frente uma batalha originada pelas potestades do mal. Se estamos na batalha e não conhecemos as armas dos inimigos, eles já conquistaram a vitória.

            QUAL A SUA VOCAÇÃO?

            É para a religiosidade ou espiritualidade?

            RELIGIOSIDADE

            - sente culpas pelo sexo, pela sexualidade, mal resolvido com a questão financeira, quer tudo de graça, não investe em conhecimento e nem aprimoramento espiritual; tudo está sempre difícil...

            - dependência de rituais, uniformes, altares, referências humanas (padres, pastores, médiuns, guias, etc.)

            - necessidade de se mostrar puro, bem resolvido, ideia de ser missionário, falando macio, baixinho com postura de santinho.

            Trabalho e investimento em material, em livros, em viagens, necessita de dinheiro para funcionar, não devemos ter pruridos com isso.

- quando médium, adora ficar demonstrando sua mediunidade, que está vendo ou ouvindo espíritos, dando recados sem ser pedido...

- não pode discordar do dirigente, nem do mentor e jamais do movimento,

- necessidade de amuletos, símbolos, de aplausos e reconhecimento.

- fala todo o tempo em espírito, mediunidade, experiências místicas...

SE VOCÊ É ASSIM...

COLEGIADO DE GUARDIÕES NÃO É O SEU LUGAR...

Aqui questionamos tudo:

- Deus, os espíritos, o espiritismo, as religiões, os representantes religiosos e não tememos: desafios, lutas, guerras, nem maldições, esconjuros, trabalhos feitos, pragas lançadas, vela virada, ebós, ou vinganças, nem a morte.

- não nos submetemos a chantagens, manipulações, misticismo, ameaças, intrigas e nem passamos a mão na cabeça das pessoas que participam conosco.

Todos são iguais, estão no caminho da aprendizagem, cada um pode fazer por si mesmo. O trabalho pode ser caro, a pessoa pode procurar outras opções e cada um desempenha o seu potencial. Não se importar muito com o que os outros querem ou fazem. Aqui é uma escola de formação de soldados.

COLEGIADO DE GUARDIÕES NÃO É O SEU LUGAR...

- enfim, aqui nós não temos seguidores, mas soldados, estamos numa escola de formação de guardiões, de agentes da Justiça.

            REALIDADE ESPIRITUAL DOS QUE SE APRESENTAM PARA SERVIR:

- que diremos dessas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?

... quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica

- quem os condenará?

- quem nos separará do Amor de Cristo? A tribulação ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?

... mas em todas essas coisas somos mais que vencedores, por aquele que nos amou.

- porque estou certo que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir, nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos separará do Amor de Deus que está em Cristo Jesus Nosso Senhor

Romanos 8: 31 a 39


Publicado por Sióstio de Lapa em 15/07/2017 às 21h08
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (voce deve citar a autoria de Siostio de lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.



Página 8 de 412 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr