Textos

ESCOLAS, ALUNOS E PROFESSORES
Temos uma vaga compreensão do mundo, como foi criado e qual é o nosso papel dentro dele. Uma das explicações mais lógicas que tenho conhecimento é aquela dada pelos espíritos, aquelas entidades sem corpo que habitam na dimensão fora da matéria, na dimensão espiritual. Essas entidades explicam que o mundo é formado por incontáveis moradas para os espíritos, crescerem e se desenvolverem. Espíritos criados por Deus simples e ignorantes e voltando para Ele sábios e puros.
Dessa forma, essas moradas passam a abrigar diversas gradações de espíritos, dos mais primitivos aos mais evoluídos, como sala de aulas em escolas, de alfabetização à universidades. A nossa atual morada, o planeta Terra, é uma escola classificada ainda de forma muito rudimentar, como escola de provas e expiações, que corresponde à metodologia de ensino.
Como toda escola tem os seus mestres, nós também possuímos e o nossos, inclusive Reitor ou administrador que é o Mestre Jesus, pertencente a comunidade de seres angélicos.
A Comunidade Angelical se reuniu nas proximidades da Terra, para a solução de problemas decisivos da organização e da direção do nosso planeta, por duas vezes no curso dos milênios conhecidos. A primeira vez aconteceu quando o planeta terrestre se desprendeu da nebulosa solar e deu condições do surgimento da vida biológica, e a segunda vez foi quando se decidiu a vinda de Jesus num corpo material para nos trazer as lições necessárias para encontrarmos o caminho em direção ao Criador, com o Evangelho de Amor e Redenção.
Hoje estamos capacitados com o estudo do Evangelho, para limpar o nosso coração das impurezas do egoísmo, onde o mais avançado no estudo auxilia aquele que está mais atrasado.
Agora, acontece que temos um ritmo de aprendizagem, e aqueles que são mais rápidos podem reencarnar em planetas mais evoluídos, e aqueles que são mais lentos, renitentes no mal, tem que sofrer um expurgo, passando a encarnar em planetas mais primitivos, condizentes com suas vibrações inferiores, pois o planeta Terra também tem que cumprir a sua fase evolutiva e se tornar um planeta de regeneração.
Assim, compreendamos essa narrativa de vida que parece bem completa e nos coloca dentro de uma perspectiva de entendimento muito boa e capaz de nos deixar satisfeitos e confiantes, pois possuímos um Pai compreensivo, bondoso e sábio, que nos criou com os Seus atributos nos tornando capazes de aprender e de ensinar em qualquer escola, e que em determinado momento poderemos ser chamados para missões tão especial como aconteceu com o Mestre Jesus, com sua vinda até nós.
Sejamos alunos atentos e aplicadores das lições recebidas, ao mesmo tempo que sejamos professores atenciosos, tolerantes e compreensivos com os alunos mais atrasados e que devemos pegar na mão para ensinar o bê-á-bá do Amor.


Sióstio de Lapa
Enviado por Sióstio de Lapa em 29/04/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Voce deve citar a autoria de Sióstio de Lapa http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr