Textos

COMENTÁRIO DO LOBÃO
            Este comentário do Lobão, que tive acesso em vídeo postado nas redes sociais, irei reproduzi-lo aqui para meus leitores ver como se aplica ao conteúdo do que escrevi no dia anterior.
            ...Fui no comitê do Lula cobrar deles, José Dirceu, o Mercadante, estava todo mundo lá... Marisa... eu disse, olha, eu não quero nada da minha classe, eu queria que vocês dessem uma garantia, que o Brasil daqui a 10 anos vai ser uma nova Coreia do Sul, para está exportando cientistas, está ganhado Prêmio Nobel,,, isso em 2002. Estamos em 2016 e somos o penúltimo lugar em educação no mundo. Somos o pior lugar em saúde do mundo. Nós temos 60 mil assassinatos por ano. Somos o campeão mundial de consumo de crack e cocaína. Isso tudo foi conquistado na época do PT, e vocês me perguntam, será que eu sou maluco de passar dois anos esperando algum resultado da primeira eleição até 2005. A partir de 2005 eu me tornei oposição, eu me senti envergonhado de tá apoiando uma “canoa furada”. Porque a partir de dois anos de governo, para quem já era mal informado como eu me considerei, que fui engabelado, porque havia vários indícios, do assassinato de Celso Daniel, Toninho do PT já tinha sido morto, mais sete testemunhas tinham sido assassinadas, eles eram verdadeiramente uma organização criminosa. Eu me responsabilizo por ter demorado ainda a reagir, isso porque me tornei oposição em 2005. Agora, tem gente que está aí acordando em 2013, 2014... agora, hoje, um cara, ainda não ter acordado, é indesculpável! Ou o cara é doente mental ou ele é um canalha. Você não tem uma terceira possibilidade a não ser a aglutinação dos dois: ou você é um canalha ou débil mental, ou um canalha-débil mental. Você não tem outra alternativa nesse cenário. Então entenda você que está ali, apoiando o PT, ou você é um canalha, você está se locupletando, está ganhando dinheiro, está roubando, você é da quadrilha, ou você é um débil mental, um demente, ou um pré-demente.
            Realmente, um comentário bem pertinente e que se aplica a mim. Também fui responsável pela chegado do PT ao poder, também fui engabelado. Mas desde que tive notícia do escândalo do Mensalão eu me afastei. Fiquei de longe observando as mentiras para ocultar o obvio, a corrupção descarada que tomou conta do congresso, dinheiro fugindo entre malas e cuecas, e mesma defesa dos culpados: sou inocente, nada vi, nada sei, nada autorizei.
            De repente todos aqueles benefícios que eram dados a população mais pobre na forma de bolsas, de incentivos e investimentos nas universidades, nas escolas, nos meios de comunicação, tudo parecia agora uma estratégia de dominar a nação pela emoção, dos bons gestores, que mesmo roubando descaradamente do suor do povo prestaram um bom serviço à minha classe, à minha instituição, não importa que mais tarde tudo desabe pelo descalabro financeiro e sejamos forçados a rastejar nos pés dos falsos benfeitores, como acontece atualmente na Venezuela.
            Finalmente a Lava Jato nos abriu os olhos e conseguimos afastar, pelo menos retardar a escalada de dominação que eles estavam implementando e que querem reconquistar agora mais uma vez, com a mesma estratégia, de usar a mentira e jogar sobre os adversários os seus defeitos de caráter e de moral e ética.
 
Sióstio de Lapa
Enviado por Sióstio de Lapa em 29/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Você deve citar a autoria de Sióstio de Lapa e o site http://www.siostiodelapa.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr