Textos

NOVA ORDEM MUNDIAL
            Observamos pela história que as comunidades humanas se agrupam e desempenham algum papel na evolução dos povos e depois surgem transformações com deslocamento do poder entre elas, caracterizando uma determinada ordem, hierarquizada pelo poder, tipo econômico, militar...
            Com o desenvolvimento da ciência e tecnologia as influências das diversas comunidades na face da Terra ficaram mais próximas, caracterizando a Aldeia Global e nesta uma Ordem Mundial.
            Após a 2ª Guerra Mundial despontou os Estados Unidos como a liderança dessa Ordem Mundial, perseguida de perto pela União Soviética liderada pela Rússia, com seus sistemas econômicos e ideologias diferentes.
            Essa movimentação acontece no mundo material e para quem não tem conhecimento do mundo espiritual, tudo se resume ao que se pode explicar pelos sentidos biológicos. Mas a realidade, que independe da nossa inteligência ou armazenamento de informações verdadeiras, se processa a partir do mundo espiritual, onde se caracteriza a vida propriamente dita, o desenvolvimento da consciência, sem a necessidade dos recursos biológicos, importantes para o aprendizado específico durante um período de tempo.
            Dessa forma, as alterações que observamos acontecer aqui no mundo material, de alguma forma tem suas origens no mundo espiritual. Como estamos na fase do espírito, a consciência, que deve aprender a controlar os impulsos biológicos, da carne que nos hospeda nessa fase educacional, forma a atmosfera psíquica, espiritual que envolve o planeta. Assim, prepondera os sentimentos e emoções negativas de quem se deixou emaranhar nos meandros do egoísmo, de interesse da carne, dos gens biológicos.
            Após o período de aprendizado material, muitos espíritos voltam ao mundo espiritual mais carregados ainda de aprendizagem contrária à vontade do Criador. Esses seres conseguem formar verdadeiros exércitos no mundo espiritual com todo sistema hierárquico, capaz de influenciar os destinos da Terra, do mundo material. Todo esse poder está embasado nas mentiras e embustes, que cedo ou tarde ruirá sob a força da verdade.
            Observamos o desenrolar dessa batalha acontecendo atualmente na Terra onde o Brasil tem uma função estratégica, segundo os mentores espirituais, que está coerente com a vontade do Criador e administrado pelo Mestre Jesus. O nosso País está destinado a ser a Pátria do Evangelho e coração do mundo. Conseguimos eleger um presidente que tem na sua meta defender os princípios cristãos, e diz claramente no seu discurso como candidato eleito, as palavras do Cristo, que a Verdade nos libertará.
            Parece que o primeiro passo foi dado para essa meta espiritual ser cumprida. Agora depende de todos nós cristãos, cada vez mais ficarmos conscientes dos laços traiçoeiros das mentiras e centrarmos fileiras do lado da verdade.
            A Nova Ordem Mundial promete ser um projeto messiânico e escatológico (teoria relativa aos acontecimentos do fim do mundo e da humanidade), que ultrapassa em envergadura todos os outros projetos ou utopias do passado como o Califado árabe ou os planos comunistas por uma revolução mundial. Essa Ordem parece emanar diretamente das decisões de determinados atores históricos como os ideólogos da chamada Comissão Trilateral, do Grupo de Bildenberg, do Conselho Americano de Relações Exteriores e de diversos pensadores que estão a serviço do mundialismo internacional. Segundo a inteligência humana, os princípios da Nova Ordem podem ser divididos basicamente em quatro planos: econômico, geopolítico, étnico e religioso. No plano econômico, consistiria na imposição completa e obrigatória ao mundo inteiro do sistema de mercado capitalista; no plano geopolítico, seria a predominância absoluta dos países do Ocidente histórico-geográfico em relação ao Oriente; no plano étnico, consistiria no fomento da miscigenação indiscriminada, no combate a qualquer unidade racial, nacional, étnica e cultural localizadas; e, finalmente, no plano religioso, a Nova Ordem Mundial prepara o surgimento de certa figura mística que desvelará uma nova religião que unificará a humanidade.
Diante dessa intrincada rede de ideias, teríamos a tendência a esperar um erudito avesso aos meios de comunicação em massa, sintonizado com a vontade de Deus e auxiliado por inteligências das diversas áreas, comprometidas com o projeto da construção do Reino de Deus, conforme foi previsto e ensinado nos Evangelhos.
Talvez a inteligência humana esteja se aproximando da inteligência divina!
 
Sióstio de Lapa
Enviado por Sióstio de Lapa em 06/11/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (NOVA ORDEM MUNDIAL). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr