Meu Diário
15/02/2021 00h14
O BRASIL VIVE UMA GUERRA ESPIRITUAL

            Encontrei um áudio disponível na plataforma Spotify com mensagens de Bezerra de Menezes, datado de 28-02-2020, com o tema do título acima. Vejamos o que se trata.

            Amados irmãos, que a Luz e o Amor do Cristo nos consagrem, nos libertem. Diante da magnânima presença do Cristo entre nós, alimentemos a nossa alma para enfrentarmos todas as dúvidas que trazemos, todo desamor que ainda habita em nós. Nos libertemos das cobranças e pacientemente vamos vislumbrar as mãos amorosas do Cristo a nos amparar. 

Misericordioso, amigo... amigo de todas as horas, Jesus vem nos acolher e guiando entre as veredas, caminhos estreitos, caminhos espinhosos, nos ajudando a nos livrarmos das provocações, das maledicências, e seguindo humildemente dentro deste caminho estreito a uma luz tênue num feixe, clareando nossa jornada, nos ajudando a vencer pacientemente cada etapa do nosso caminho. 

            Amados irmãos, em meio a tanta turbulência em que vive os corações na Terra, a insegurança de cada um pela falta do conhecimento das leis que regem o universo, Jesus vem mandando seus emissários para que os mesmos, despertados, possam tomar por consciente o trabalho misericordioso do bom Pastor, buscando as ovelhas que distraidamente se perderam pelo caminho. 

            Jesus convida a todos para que esse pastoreio seja feito por cada um de nós, diante do círculo que vivemos, de famílias, de amigos, trabalho, crenças, para que o conhecimento seja transmitido através de cada um de nós, imbuídos desse trabalho sacrossanto de ajudar os nossos irmãos que permeiam ainda as sombras e sofrem com isso. Fazendo com que o amor à vida seja despertado e pela vontade de viver, da luz que vem nos aquecer, afastar as sombras de todos nós para que o planeta ter possa viver a era nova a era do homem espiritual. A era da experiência crística praticada, afastada a ignorância que ilude os homens nesses breves momentos de poder, de influência que cada um carrega em seu bojo, em missões dificílimas de vencerem a si mesmo, e se tornarem exemplos para as multidões que os seguem em busca de algo que lhes possa trazer a sensação de paz e segurança. Para que cada ser vivente possa respirar melhor o ar da liberdade sem medo de serem saqueados, vilipendiados pela ignorância dos seres humanos.

            Ao nosso amado Brasil que vive uma guerra espiritual, uma guerra em que os anjos vêm afastando as sombras dos sentimentos do medo, da insegurança. Brasil esse, mesmo antes de descoberto pelos homens, já havia sido destinado a ser a nação acolhedora de todas as nações, onde Maria Santíssima aqui instalara os maiores hospitais e laboratórios para curar as chagas dos homens que erraram em toda a eternidade. 

Coração do mundo tu és Brasil, pátria do Evangelho vivo, mãe de todas as mães, nação iluminadora e acolhedora de todos nós. Um Brasil sem guerras, um Brasil iluminado como és, com a destinação de socorrer o mundo, e o mundo são as pessoas que aí estão, necessitadas de amor. Essa é a missão maior confiada ao Brasil, de ajudar essas almas, a findarem os ódios separatistas, acabarem com as divisões humanas e a unidade crística prevalecer. Ajudar os homens que não compreenderam, que confundiram o amor do Cristo com zelo dos sacerdotes; de homens bem-intencionados, mas que não entenderam o mandamento novo do Cristo, não entenderam o amor deixado por ele a todos nós para que desse amor pudesse frutificar nos corações, o agigantamento desta nação no conserto das nações. 

            Enquanto os homens vivem se preparando apara a guerra, Jesus o Cristo e os seus discípulos sempre estão preparados para a paz. O grande Miguel Arcanjo sempre a frente das batalhas contra a ignorância, contra o fundamentalismo humano, dogmas humanos, para trazer paz, ao comando espiritual do nosso pais, mediante essa transição humana e espiritual e espiritual humana, diante de um processo evolutivo pelo qual passa nosso planeta.

            O Brasil precisa dos que o amam, o Brasil precisa do amor, o Brasil precisa dos seus filhos, o Brasil somos nós, homens e espíritos devotados a fé, com amor ao próximo vivido pelo mandamento novo do Cristo, amai-vos uns aos outros como eu vos amei, transformando cada um num discípulo do Cristo, reconhecido por ele mesmo diante da convivência e a vivencia de cada um desses filhos amados que estão marchando com o exercito da paz para acabar com os corações armados que levam guerra e sofrimento ao povos, aos nossos irmãos.

            Amados irmãos, Jesus atento, Jesus a frente, amorosamente a frente, enquanto a ignorância dos homens quer dividir, o amor do Cristo vem para nos unir. Cada um ore pelo Brasil, ore pela humanidade, ore pelos dirigentes das nações, ore por todos os dirigentes mundiais. O Cristo atuará pelas preces de cada um, imantando os corações para evitar uma hecatombe que só traz dores a humanidade. Os cavaleiros do apocalipse estão marchando pela Terra. O Cristo não apenas observando, mas agindo. Enquanto o cavalo amarelo coloca em pânico a humanidade com as doenças, o cavalo vermelho tenta espalhar a guerra. O cavalo negro espalhando a fome, a fome do espírito, a fome de cada um. Mas eis que o cavaleiro branco, do cavalo branco, que vindo para vencer, vence.

            Perseverança e fé nas horas aziagas, porque vigie a humanidade, a prece, a agua fluidificada, a atuação das falanges protetoras, os trabalhadores do Cristo Jesus, para ajudar a cada um a findar a suas dores. Jesus é o amor, Jesus é a caridade, Jesus é a sabedoria, Jesus é a ciência, Jesus é a filosofia, Jesus é o Cristo Planetário.

            Gratíssimo

            Mensagem bem coerente com a leitura dos Evangelhos e o que ocorre nos dias atuais, principalmente no Brasil. Que possamos responder ao chamado do Cristo e nos encaixar em suas fileiras


Publicado por Sióstio de Lapa em 15/02/2021 às 00h14
 
14/02/2021 00h07
FILHO ESPIRITUAL

            Já tenho conhecimento de três formas de geração de filhos: filho biológico, o tradicional, que todos conhecem e a maioria consegue fazer; filho acadêmico, aquele formado pelos professores nos bancos universitários, em cursos de pós-graduação, que poucos conhecem; e filho espiritual. Este último é o mais difícil de todos. Está relacionado com o Criador como Pai de todos. Todas criaturas formadas são filhos dEle, mas uma pequeníssima parcela das criaturas tem essa consciência. Aqui em nosso planeta, apenas os humanos adquiriram essa capacidade, com o desenvolvimento do cérebro e a vinda de mestres como Jesus Cristo que veio nos ensinar sobre essa paternidade espiritual e o que devemos fazer para ser incluído efetivamente na família. Isso porque, nós fazemos parte da família de Deus pois ele é o Pai, o Criador, mas suas criaturas, sem o conhecimento dessa paternidade é como se fosse órfão espiritual. Não sentem pertencer a esta família.

            Jesus chegou nessa condição. Filho unigênito de Deus. Isto é, o único da espécie humana, entre nós, que chegou a um nível evolutivo de alcançar a mesma natureza divina, de Deus, de fazer exatamente a Sua vontade, ao contrário de crentes que são filhos e filhas de Deus através da fé.

            Dessa forma, podemos alcançar a condição de filho unigênito de Deus, semelhante a Jesus, se conseguirmos fazer a vontade do Pai como Jesus faz. Agora, se Jesus veio à Terra para nos ensinar a alcançar esta divindade, e se nós conseguirmos cumprir a vontade do Pai como Jesus faz, não podemos considerar ele como o nosso pai espiritual? Muito lógico. 

            A pessoa que se tornou filho espiritual do Cristo, nestas circunstâncias, também pode passar seus ensinamentos a outras pessoas e gerar seus próprios filhos espirituais. 

            Como podemos entender essa mecânica geradora de filhos espirituais? Comparando com a mecânica biológica, verificamos que nesta existe uma aproximação romântica dos gêneros, homem e mulher, na faixa etária adequada. Com o avanço dos sentimentos vai existir a relação sexual que injetará os espermatozoides no útero feminino. A união do óvulo com o espermatozoide irá gerar o ovo que proporcionará o novo ser, com a genealogia dos pais biológicos.

            Na geração do filho espiritual, não há influência do gênero, nem a necessidade de mais de uma pessoa ou faixa etária apropriada. O que funcionará como espermatozoides são as palavras da verdade de vida eterna. O que funcionará como útero é a consciência de quem ouve, cujas palavras são permitidas serem depositadas no coração e de acordo com a fertilidade, vai gerar a vontade da pessoa também fazer a vontade do Pai, da mesma forma que o seu pai espiritual está mostrando como se faz, na teoria e na prática.   

            Com esta compreensão, fazendo a vontade do Pai e ensinando a quem está ao meu redor, que ouve e reflete sobre minhas palavras e comportamentos, estou apto a gerar filho espiritual. 

            Mas tem um detalhe que devo prestar atenção e que está dentro da lógica. Eu posso ter sucesso em gerar um filho espiritual, dizendo as palavras certas, mas com incapacidade comportamental em algum nível, principalmente nos pecados capitais. Por exemplo, tenho problemas com a gula e com a preguiça, principalmente. Meu filho espiritual pode tudo que eu digo e também controlar todos os pecados capitais. Eu tenho gerado assim um filho perfeito, sendo um pai imperfeito. É possível. Eu não sou ainda um filho unigênito com o Pai. É como se houvesse uma inversão, o meu filho está unigênito com Deus através do meu trabalho, mesmo eu sendo imperfeito. Eu seria um tipo de pai adotivo... quem me adota é o meu filho.

            Mas isso não me intimida. Continuarei a tentar gerar filhos espirituais, mesmo ainda imperfeito, e lutando para a minha perfeição no caminho. 


Publicado por Sióstio de Lapa em 14/02/2021 às 00h07
 
13/02/2021 00h07
UMA PÁTRIA CONTAMINADA

            Encontrei um texto longo, sem autoria, circulando pela internet, que poderia ter a minha assinatura. Vejamos do que se trata.

Se Baleia tivesse vencido, Maia teria montado praticamente um partido político dentro da Câmara, que dominaria e controlaria, mesmo que à distância, e com mãos de ferro! Para vocês terem uma ideia, quando percebeu que seu fantoche perderia, principalmente com a debandada do DEM, uma das primeiras coisas que falou é que formará e liderará uma "frente ampla contra Bolsonaro"! É ou não é um canalha? Maia conseguiu fazer com que esses dois anos de governo Bolsonaro fossem quase totalmente perdidos. Com Maia amarrando o governo na Câmara, Alcolumbre no Senado, a mídia jogando baldes de fezes na imagem do governo, as infinitas traições internas e externas e os 11 bandidos do Judiciário, podemos dizer, sem perigo de errar, que é por puro milagre que ainda existe um governo Bolsonaro. Qualquer, e eu insisto, qualquer governo, por mais bem-intencionado que fosse, teria sido completamente destroçado neste processo. É preciso entender a real natureza do problema, do que está por detrás de tudo. Não se trata de justiça ou injustiça, verdade ou mentira, patriotismo ou traição à pátria, mas de que pessoas e grupos tomaram para si o Estado brasileiro e perverteram TODO o estamento burocrático sobre o qual o país deveria funcionar para ser verdadeiramente um país justo. 

Vocês sabem que elites parasitas se apoderaram do Estado brasileiro e que jamais teríamos qualquer chance de tentar recuperá-lo sem um Bolsonaro. E este líder não precisa ser um grande intelectual para isso, muito pelo contrário, para tirar o país do atoleiro precisa ser minimamente honesto e forte, muito forte! 

Um Estado tem que funcionar como uma espécie de sinal de trânsito, regulando o fluxo honesto, correto e saudável das artérias econômicas de uma sociedade de forma justa e que permita que trabalhadores e empresários honestos possam ter autonomia sobre suas vidas e poder de decisão sobre os seus destinos. A verdadeira vida, a vida que cria riquezas e com ela saúde, educação e cultura, não está e nunca esteve no Estado. Sempre esteve e sempre estará APENAS na sociedade civil. Quando você paralisa e escraviza toda a sociedade civil e a obriga a sustentar milhões e milhões de pessoas, o teu país se transforma numa terra de miséria, dor e infinitos sofrimentos. São quase 20 milhões de pessoas que não produzem nenhuma riqueza concreta que são sustentadas por menos de 30 milhões de pessoas com carteira assinada, mas ganhando centenas de vezes menos. Um excelente advogado gasta a sola de sapato batendo à porta de vários escritórios para terminar ganhando 1.500 reais, mas faz um cursinho de merda para juiz e salta para absurdos100.000 reais (com penduricalhos criminosos e bonificações). Por isso os nossos jovens são tarados por concursos públicos, é compreensível individualmente falando, mas é criminoso e genocida politicamente falando.

Quando alguns grupos se apossam do Estado, absolutamente TUDO se corrompe e se perde. A cultura (a verdadeira) desaparece completamente. Pessoas animalescas e estúpidas se transformam em "elite". Pessoas boas, inteligentes e honestas têm suas vidas destruídas pela impotência, desamparo e miséria. O judiciário se torna uma completa farsa, pois o 'logos' jurídico se perverte, se adapta e justifica toda forma de injustiça. A letra da lei se afasta completamente do que é justo, bom e verdadeiro. Aliás, para constatar isto basta ver a cara dos advogados que trabalham nos grandes e milionários escritórios de advocacia pelo país. Eles têm cara de puta, de depravados e lascivos. Todos têm a marca da devassidão típica de quem já vendeu a sua alma há décadas.

Para piorar tudo, a corrupção e posse do Estado por uma falsa elite de parasitas é um campo fértil para o surgimento de fungos e bactérias, ou seja, a esquerda. Esquerdistas são o pior estrato humano de qualquer sociedade. São pessoas perigosas formadas no ódio e no ressentimento que se organizarão criminosamente e tentarão por todos os meios chegar ao poder para cometer toda espécie de crimes. Em sua fúria irracional destroem tudo que tocam e sempre levarão apenas miséria e dor para todos. É o mesmo fenômeno que acontece a um caminhão acidentado na estrada. Tal como moscas, milhares de saqueadores surgem de todas as partes deixando apenas um rastro de destruição.

Isto acontece porque o "congelamento do Estado" pela política cooptada pelos parasitas cria infinitas formas de injustiças. Todo o orçamento, por exemplo, tirado de quem produz é sequestrado para sustentar milhões que nada produzem. A conta simplesmente não fecha. Muita gente não sabe que muito do que Bolsonaro está fazendo pelo país é através do dinheiro que recuperou da corrupção! Seu governo chegou a descobrir contas "fantasmas", algumas com 600 bilhões! Sim, 600 bilhões! Várias estatais de mentira consomem bilhões e bilhões do nosso ralo dinheiro. Como a estatal do irreal trem bala, por exemplo, que existe há duas décadas só para sustentar milhares de parasitas. Prédios inteiros, lindos e gigantescos, sem absolutamente NENHUMA função real, sem sequer qualquer conexão com o Estado, e consumindo bilhões. Eu sei que muitos direitistas que xingam Bolsonaro igual ou até mais que a própria esquerda (e não entendem NADA de política), gostariam que ele chutasse o balde, divulgasse tudo e descesse o cacete nos corruptos. Mas ele não pode!!! Não pode porque são milhões e milhões e milhões e milhões de pessoas com bilhões e bilhões e bilhões e bilhões ao seu dispor. Como se não bastasse, tudo isto ligado a forças internacionais de milhões e milhões e milhões de empresas, com trilhões e trilhões e trilhões ao seu dispor. E todos com estratégias hiper labirínticas quase sempre decididas na escuridão de sociedades secretas sinistras e centenárias. Bolsonaro tem as mãos amarradas por uma Constituição comunista, é cercado por "forças ocultas" internas e externas de lobbys poderosíssimos, sofre o controle dos outros dois poderes 100% dominados por bandidos, está cercado por lobos sedentos de sangue e administra uma parte ridícula do orçamento com a qual ainda consegue heroicamente fazer alguma coisa! Quase todo o orçamento é literalmente sugado para pagar as "lagostas e vinhos" dos seres mais abjetos e asquerosos de corpo e alma da nossa sociedade.

Gerações de parasitas construíram o seu mundo, seus negócios e famílias, sobre oceanos de crimes e injustiças. Seus filhos quase sempre não passam de idiotas semi-anestesiados em suas vidas de enorme luxo e conforto e são completamente insensíveis ao sofrimento e miséria de milhões. São pessoas sem alma que conseguem enterrar em alguma parte obscura do seu inconsciente as imagens de sofrimento de milhões de outros brasileiros e vão confortavelmente bronzear a bunda em Búzios ou outro paraíso qualquer. São incapazes de enxergar conexões, são aleijados morais. 

E é isto tudo que faz com que a esquerda não pareça "completamente errada". Pincipalmente para os jovens que ainda não aprenderam a usar a cabeça. E não se enganem, se um Boulos conseguisse chegar ao poder no Brasil, tirando a parte dos parasitas que fugiram para Miami, todo o resto se ajoelharia aos pés do novo "grande líder" e imediatamente passariam a servi-lo, pois são covardes e imorais, e não vivem sem suas lagostas e vinhos. E Boulos mataria os que não lhe fossem úteis e cobriria de lagostas e vinhos todos que se mostrassem capachos e subservientes, e o Brasil seria uma nova Venezuela.

Todo líder esquerdista é um ressentido e um invejoso, mas não tem a menor competência para ficar rico senão através do roubo. Mas roubo na esfera pública, é claro, sem riscos ou perigos, com a garantia de não poder sequer ser demitido, pois além da passividade do povo, que ele mesmo produziu ao destruir a educação, sempre pode contar com o auxílio de políticos cúmplices e a defesa de inúmeros "advogados do diabo". O esquerdista é um burguês do dinheiro dos outros. Como dizia Margaret Thatcher: "Todo esquerdista é um incompetente fracassado que acha que as pessoas de sucesso lhe devem alguma coisa".

Excelente avaliação do contexto atual do nosso Brasil. É como se a nação tivesse sido infectada pelo vírus da corrupção, presente em todos os órgãos, administrativos, jurídicos e políticos. O corpo da nação, infectado dessa forma, definha com o tempo, as células saudáveis tendem a ser destruídas pelas células contaminadas, semelhante a um processo cancerígeno.

Fico a imaginar que eu pertencia a esses grupos esquerdistas, militei muito tempo no PDT, fui dirigente partidário, candidato a diversos cargos, até a vice-governador... não percebia tamanha nocividade dos grupos que eu pertencia, não conseguia ver o que a história mostrava. Só vim a perceber quando a esquerda assumiu o poder e mostrou do que era capaz, qual era sua ideologia na prática. Foi demais para a minha consciência, manter minhas boas intenções dentro de tanta iniquidade. Agora vejo com mais nitidez o que acontece e fico admirado com o quanto eu fui cego e mais ainda, com tantas pessoas que sei possuírem bom coração, mas que estão, como hipnotizados, defendendo as iniquidades e atacando quem quer corrigir o mau que foi produzido, e continua lutando para se manter, carreando o esforço, suor e lágrimas de todo um povo, para bolsos e ideologias perversas na sua essência.  


Publicado por Sióstio de Lapa em 13/02/2021 às 00h07
 
12/02/2021 00h07
VINHA DE LUZ (28) – EM PEREGRINAÇÃO

            Qual será meu objetivo daqui por diante? Tenho na consciência o dever de ajudar na construção do Reino de Deus, dentro da sociedade corrupta, maldosa e violenta em que vivemos. Dentro de mim, acredito que estou bem avançado para ser um cidadão deste Reino, apesar de ter ainda sérias dificuldades com a preguiça, gula e sexo.

            O apóstolo Paulo deu uma dica quando escreveu aos hebreus (13:14): “Porque não aqui cidade permanente, mas buscamos a futura.” Isso quer dizer que esta cidade que convivemos dentro dela não é a permanente. A permanente é aquela pertencente ao Reino de Deus. E Paulo quer que compreendamos isso. Que o instinto de sobrevivência que nos leva à apropriação indébita, a praticar corrupção e roubar de todas as formas o que pertence aos outros. Mais ainda, que aqueles que são beneficiados direta ou indiretamente por tais atos criminosos, se sentem na obrigação de defender os meliantes, evitando o confronto com a verdade e suas consequências. 

            A Terra é comparável a um grande carro cósmico, onde se encontra o espírito junto com outros bilhões em viagem educativa. Se a pessoa viaja na abastança por meios ilícitos, apenas excursiona em aposentos mais confortáveis, mas que irá se defrontar com a justiça divina, se a justiça humana não fizer antes a corrigenda.

            Se a pessoa viaja na pobreza, com algumas dificuldades sérias de saúde e compreensão, certamente já está pagando pelos crimes que cometeu em outras vivencias e que escapou da justiça material.

            Enfim, tudo por aqui tem este caráter transitória, escola ou hospital que serve para o nosso aprimoramento espiritual. O corpo é somente o instrumento, como o caderno e o lápis são instrumentos para o aprendizado em nossas escolas materiais. 

Se apresenta notável figuração física, somente enverga efêmera vestidura de aspecto mais agradável, através de curto tempo, na jornada empreendida.

Se exibe traços menos belos ou caracterizados de evidentes imperfeições, vale-se de indumentária tão passageira quanto a mais linda roupagem do próximo, na peregrinação em curso.

Por mais que o impulso de propriedade ateie fogueiras de perturbações e discórdias, na maquinaria do mundo, a realidade é que homem algum possui no chão do Planeta domicílio permanente. Todos os patrimônios materiais a que se atira, ávido de possuir, se desgastam e transformam. Nos bens que incorpora ao seu nome, até o corpo que julga exclusivamente seu, ocorrem modificações cada dia, impelindo-o a renovar-se e melhorar-se para a eternidade.

Consegui ver a natureza da minha peregrinação neste Planeta, consegui entender a vontade do Pai, na utilização do corpo que Ele me forneceu. Sei dos bens materiais que Ele já me proporcionou, mas sei que tudo pertence a Ele. Sou apenas administrador da Sua vontade, inclusive dos bens que estão sob a minha guarda.

Minha peregrinação ainda está muito dirigida à conquista de recursos, mas sei que devo também peregrinar na ajuda ao próximo, inclusive usando os recursos adquiridos.

O trabalho com o Marketing Multinível foi a apresentação de um trabalho que atende a essas necessidades de ajuda ao próximo. Estou capacitado para levar oportunidade de recuperação financeira e espiritual com essa forma de mútua ajuda que drena recursos financeiros para quem mais se dispõe a trabalhar com esta sintonia fraterna.

Que sejamos capazes de ver a natureza dessa peregrinação que cabe a todos nós, evitar ficarmos cegos às leis da vida. Procuremos despertar para o entendimento superior e examinar o tempo, onde estamos provisoriamente, aproveitar as experiências que adquirimos na vivência humana e nos preparar com inteligência para a passagem que a morte nos trará para o mundo espiritual, onde é o nosso verdadeiro lar. 


Publicado por Sióstio de Lapa em 12/02/2021 às 00h07
 
11/02/2021 00h07
O PAPA DO FIM DO MUNDO (8) – UM NOVO FRANCISCO

Este é um assunto de grande importância para o mundo, principalmente os espiritualistas e aqueles que seguem o cristianismo: a eleição de um novo Papa, o atual Papa Francisco. Vejamos o documentário de 47m publicado no History Channel há um ano com o título: A Era de Francisco – O Papa do Fim do Mundo.

*Testemunhos de terceiros, dentro e fora do clero.

O Papa Francisco é um autêntico jesuíta e a partir do primeiro momento do seu papado, seus sinais foram de simplicidade e austeridade. A pergunta que muitos fazem é: o que um jesuíta pode chegar a fazer diante de um dos Estados mais ricos do mundo? E com essa pergunta aparece muitas outras dúvidas.

*Acho que o maior risco do Papa Francisco é não atuar sobre o escândalo dos abusos e não atuar sobre as práticas de corrupção que ocorrem dentro da burocracia do Vaticano agora.

A Igreja suportará uma mudança tão radical, já que sabemos que hoje muitos dos que recorrem ao Vaticano e rodeiam Francisco confundem humildade com humilhação e pensam que a riqueza é um símbolo de poder?

*Eu acho que assim que os momentos de aplauso passarem, também se iniciará um momento difícil, de resistência interna.

*O Papa Francisco deve escolher muito bem seus aliados e em quem confiar.

*Eu me pergunto como vai fazer, porque por um lado ele é solitário, não jogou em nenhum time nesse sentido. Então, quem vai escolher, quem vai escolher como aliado, não está muito claro quem será.

*Porque a metamorfose, a hipocrisia, são grandes e fortes, e muitos competirão para agradá-lo, mesmo tendo uma história diferente do passado. Não é possível que esse jesuíta fique perigosamente preso em uma jaula de ouro como o Vaticano? 

*Na cúria há muitos dos senhores que estão felizes, e agora chega um Papa que se ocupa da cúria.

*Eu acho que a maior resistência virá daqueles cardeais e bispos que temem que a perda do poder imperial do papado possa causar mudanças na Igreja Católica e possa inclusive reduzir seus papéis.

Muitos acreditam que os cardeais nesse conclave não escolheram a um homem especial e sim um representante da Ordem jesuíta, porque eles são os únicos com a força e a disciplina necessárias para poder sair desses terríveis momentos de crises que a igreja vive.

Francisco está marcando um novo rumo na mudança da igreja. Seu olhar é o que guiará os fiéis do mundo inteiro.

*O destino que está impondo é parte de sua identidade e o escolheram porque ele é assim.

*A Igreja não deve deixar de ser um referencial, sair ao encontro das pessoas, sair pelas ruas, evangelizar. 

*Com certeza se nota certo entusiasmo espiritual devido ao fato de tantas pessoas se aproximarem da Igreja, vão ao santuário, se confessam, enfim, se produziu certa revitalização de entusiasmo e participação eclesiástica.

O que se espera do seu papado? Quais são as esperanças que o mundo coloca nesse homem simples, direto e austero? 

*Como expectativa muito grande colocada na figura de Francisco, principalmente sua espontaneidade, sua origem, o italiano também favorece muito, a sua preocupação com os pobres.

*Eu percebi entusiasmo, seja com os conservadores ou com os progressistas. Por isso me parece que é um Papa com capacidade de unir, não de confirmar as divisões, e sim ao contrário, de pacificar.

*Podemos esperar um Papa próximo aos jovens. Vimos que se entusiasmaram muito na Praça São Pedro. Os que estavam lá viram um entusiasmo geral.

*Tenho certeza que não continuará um projeto abstrato de reforma da Igreja construindo na teoria, simplesmente seguindo o Evangelho. Essas coisas poderiam mudar de uma maneira, digamos, natural,  simples.

*Esse Papa vai mostrar a Igreja esse caminho relacionado com a vida simples, que ele sente, mas que o mundo também reclama.

*A religião pretende se juntar e se reconciliar com Deus, com o Pai, com Jesus.

*O ambiente aqui é realmente surpreendente. Podemos sentir realmente esse monte de pessoas aproveitando e isso é realmente importante, porque é um Papa de um novo continente que é um grande avanço também.

*Acho que a maior expectativa é a mudança. Minhas expectativas devido ao que o Papa Francisco fez e disse antes é que enfatiza o lado da justiça social e que fale sobre esses aspectos.

*Eu acho que será algo novo, algo fresco.

*Ele fala do coração para o coração.

*Tão próximo e tão amável, que transmite tanto carinho para a Igreja e para as pessoas.

*Essa mudança é para o bem da Igreja e da humanidade.

*Disseram que quer mudar a igreja, não, quer mudar o mundo.

Mas, além das especulações sobre a eleição dele e o que anunciam as profecias, o certo é que para a Igreja termina uma era e começa uma nova com a chegada do Papa Francisco. Há um final, mas também há um começo e esse final não tem porque ser precisamente o fim do mundo. Começa uma nova era, a era do Papa Francisco. 

            O Papa Francisco está cheio de boas intenções, vindo de uma prática associada aos interesses dos pobres e marginalizados. O que preocupa é a falta de senso crítico que pode ocorrer no turbilhão de interesses materialistas, esquerdistas, que tentam subornar os valores morais cristãos, em função de um ecumenismo que deixa os ensinamentos de Jesus envolvidos em falcas narrativas. 

            Talvez seja este o momento crucial, de passagem da Terra para o nível de planeta de regeneração, que surja um novo Francisco, colocando em destaque e prática, o que está escrito nos Evangelhos. Um Francisco que deixou a glória militar para viver a glória da humildade pacífica. Um Francisco mesmo que tendo mal compreendido uma orientação, consegue ver que a reconstrução da Igreja não sera com pedras, mas com um comportamento sintonizado com a prática do Cristo e com a vontade do Criador.


Publicado por Sióstio de Lapa em 11/02/2021 às 00h07



Página 3 de 669 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr